Palm afirma não ter quaisquer problemas com a Apple relacionados a patentes

Hoje foi dia de o CEO da Palm, Ed Colligan, falar com investidores, dando muita ênfase ao Pre, é claro. Segundo ele, a Palm se focará agora apenas no webOS e no Windows Mobile, deixando o Palm OS definitivamente de lado. Além disso, ele afirmou que já possui acordos com operadoras não só nos Estados Unidos, como também no Canadá, América Latina e Europa.

Publicidade

Mas o principal mesmo (e o que nos interessa) foi a sua tranquilidade ao falar sobre os rumores recentes relacionados a patentes. De acordo com o PreCentral.net, Ed não se mostrou preocupado quanto ao assunto, lembrou que a Palm possui um belo portfólio de patentes próprias (cerca de 1.500, resultado de 15 anos de trabalho) ao seu dispor e deixou claro que respeita ao máximo a propriedade intelectual de quem quer que seja. Além disso, afirmou que não houve, até então, qualquer discussão entre a Palm e a Apple nesse sentido.

Palm Pre

De fato, quando Tim Cook — CFO da Apple — fez sua já famosa afirmação sobre a proteção da IP (Intelectual Property) do iPhone, ele não se direcionou especificamente à Palm, mas diante das circunstâncias, e levando em consideração a pergunta que lhe haviam feito logo antes — aí sim, citando a Palm —, todo esse rebuliço começou. Por enquanto está mesmo tudo tranquilo, mas uma bomba judicial pode surgir a qualquer momento.

Por fim, ao contrário da iTunes App Store, a loja de aplicativos da Palm — sim, haverá uma (ou melhor, já há) — não será fechada para o que houver de oficial, então qualquer um poderá conectar o smartphone pela porta USB do computador e instalar, virtualmente, o que quiser. Ponto pros caras.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…