O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple discute com outra operadora para levar o iPhone à China

Apesar de as inúmeras tentativas de negociação entre a China Mobile e a Apple terem fracassado, a Maçã ainda possui planos de lançar o iPhone 3G na China e começou a fazer negociações com a segunda maior operadora de telefonia celular do país, a China Unicom. “Sim, estamos conversando sobre isso com a Apple Inc.,” disse um gerente da empresa ao jornal China Business News.

Publicidade

iPhone na China

De acordo com fontes internas, a Apple e a China Unicom vêm mantendo contato e tentando realizar negociações desde outubro passado, mas há muitos obstáculos pela frente. Um deles é a política de restrição adotada pela China, que proíbe Wi-Fi nos celulares. Isto é, para o iPhone entrar no mercado chinês, a Apple terá de remover o Wi-Fi do aparelho ou torcer que a política de restrição chinesa seja modificada. O que é mais provável acontecer? A Apple ceder ao governo chinês, é claro.

Mas não para por aí: a China Unicom quer modificar o software padrão do iPhone, retirando aplicativos nativos do aparelho — como iTunes Store, App Store, YouTube — e adicionando aplicativos dos quais os chineses estão mais familiarizados. Contudo, a Apple não concorda com este pedido da empresa.

Publicidade

A China Unicom possui mais chances, entretanto, de lançar o iPhone na terra do rolinho primavera, pois será a primeira e a única empresa de telefonia celular com rede WCDMA (3G) — adotada pelo aparelho da Apple — que será lançada em 17 de maio. O mesmo não ocorre com a China Mobile, que utiliza um rede chinesa chamada de TD-SCDMA e requer aparelhos feitos especialmente para ela, necessitando portanto de um iPhone modificado.

O objetivo da China Unicom é lançar o iPhone junto com a sua rede 3G no dia 17 de maio.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Vídeos incorporados do YouTube agora também podem ser vistos em HD

Próximo Artigo

Microsoft confirma que abrirá lojas de varejo em cidades do mundo todo

Posts Relacionados