O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Build do Chromium para Mac OS X (compilado por usuário) está disponível online

Chris Latko — o mesmo que otimizou o Firefox 3.1 para processadores Intel — decidiu investigar sobre o estado da versão oficial do Google Chrome para Mac OS X logo após ter acesso às primeiras screenshots mostrando-o em funcionamento. De fato, há muita expectativa ao redor do lançamento final, ainda não confirmado oficialmente — ao que tudo indica, será até o final deste semestre. Mas enquanto ela não sai, você já pode se divertir com um build compilado por Latko, já disponível para download.

Publicidade

Screenshot do Google Chrome para Mac

Em comparação à versão que vimos durante essa semana, não existem diferenças visuais; contudo, o build compilado por Latko (9780) está mais funcional, pois é possível clicar em links normalmente — é normal que algo simples não funcione no desenvolvimento de um aplicativo. 😛 Ainda assim, o navegador ainda é capaz de apresentar comportamentos estranhos, então não tente usá-lo no dia-a-dia, a não ser que goste de fechamentos repentinos durante o seu trabalho.

No entanto, é importante lembrar que essa não é a única solução baseada no Chromium disponível para Mac OS X — apenas é a mais funcional até o momento. Quem está trabalhando ao redor do projeto usa um software interno chamado TestShell para fazer testes com maior estabilidade em novos recursos. Um TestShell caracteriza um aplicativo que conta com toda a sua arquitetura interna já compilada e estável, porém ele não traz nenhuma interação usuário-máquina, a qual deve ser adicionada manualmente por desenvolvedores.

Publicidade

O caminho escolhido por Latko foi compilar o código-fonte do Chromium para o Mac OS X com foco em estabilidade, mas também com interface e recursos amigáveis ao usuário, por isso ela não possui a mesma estabilidade do TestShell. No entanto, o seu build é mais rápido: em comparação ao último nightly do WebKit — também usado no próprio Chromium compilado por Latko –, os números são bem próximos e batem até o Shiretoko (versão beta do Firefox 3.1):

WebKit x TestShell do Chrome x Chromium

Ao trabalhar com o código-fonte do Chromium, também foi possível fazer duas constatações curiosas. Primeiro, há um diretório /iPhone/ junto dele, que não serve para absolutamente nada no projeto de portar o Chrome para o Mac OS X. Como a pasta conta com vários arquivos de código e outros com a extensão .nib usados pelo sistema para gerar interfaces, pode ser que uma versão para iPhone do Chrome surja no futuro. Aparentemente, não há motivos para isso não se tornar uma realidade, por ser baseado nas mesmas tecnologias que estão por trás do Mobile Safari.

Publicidade

Segundo, há código proveniente da Mozilla no Chromium, em conjunto com o WebKit. Levando em consideração alguns comportamentos do navegador no Windows, isso já era previsto, porém a presença dele é totalmente complementar e é muito menor do que alguns desenvolvedores esperavam.

Sem mais delongas, caso você queira testar o Chromium para Mac OS X compilado por Latko, pode baixá-lo aqui (10,5MB). Se você possui interesse em conhecer o TestShell (mais estável, porém sem nada direcionado a usuários “comuns”), saiba que ele também está disponível gratuitamente (9,2MB). E se quiser contribuir com seu feedback para a comunidade e para o Google, com certeza ele será bem-vindo.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Cassinos estão de olho em aplicativos para iPhones que ajudam na jogatina

Próximo Artigo

iChange é um conceito de carro da Rinspeed controlado por iPhones

Posts Relacionados