O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Quadro de diretores da Apple é reeleito por acionistas

Apple logoDurante a reunião anual de acionistas da Apple realizada hoje (25/2), todos os oito membros do quadro de diretores foram reeleitos e ainda votaram contra todas as propostas feitas pelos principais grupos de acionistas.

Publicidade

Mesmo sendo bastante questionados sobre a forma como lidam com a questão da saúde do CEO da empresa, os oito membros da diretoria foram reeleitos durante mais um ano. Os componentes atuais da diretoria são: Bill Campbell (CEO da Intuit), Millard (CEO da J. Crew), Al Gore Jr., Steve Jobs (CEO da Apple), Andrea Jung (CEO da Avon), Arthur Levinson (CEO da Genentech), Eric Schmidt (CEO do Google) e Jerome York (CEO da Harwinton Capital). Os únicos que não estavam presentes na reunião foram Steve Jobs e Eric Schmidt.

Seguindo a indicação da própria diretoria, feita anteriormente, os acionistas também votaram contra todas as propostas apresentadas pelos grupos de investidores que possuíam quantidade significativa de ações para poder sugerir mudanças na Apple.

Publicidade

As propostas apresentadas e que foram divulgadas no relatório para os acionistas eram as seguintes:

  • Criação de um relatório de contribuições políticas, indicando quais são os recursos corporativos destinados a propostas políticas e como estão sendo usados;
  • Adoção de novos princípios para assistência médica, baseados no Instituto Americano de Medicina;
  • Criação de um relatório de práticas ambientais, descrevendo os avanços da companhia em sustentabilidade;
  • Revogação dos salários dos executivos da Apple.

Durante a reunião, como já era esperado, todas as tentativas de se comentar ou questionar sobre a saúde de Steve Jobs foram rapidamente dispersadas: “Tudo continua como planejado, Jobs voltará ao comando da Apple em junho”, informou um dos diretores da Apple. Os acionistas ainda aproveitaram para cantar parabéns para o CEO, que fez aniversário ontem.

A Apple também impediu que jornalistas e demais participantes entrassem no auditório com laptops ou smartphones como o iPhone ou BlackBerry — tudo isso para impedir que o evento fosse “transmitido” ao vivo (live blogging).

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Desenvolvedor está trabalhando em versão do Dashboard para o iPhone OS

Próximo Artigo

iFixit desmonta um Kindle 2 e revela aspectos interessantes

Posts Relacionados