O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Confira unboxing, entranhas e benchmarks do novo iMac de 20 polegadas

Nada como ter sua base de operações lá fora, concordam? Um dia após o lançamento dos novos desktops da Apple e já temos fotos do Mac mini e agora também do iMac sendo desempactado, desmontado e posto em testes de benchmark.

Publicidade

4-imac-unbox-1

Com o mesmo preço praticado pelo antigos modelos de 20 polegadas, eu adoraria pôr as mãos nesse novo iMac de 20 polegadas (preferencialmente, no de 24).

Por fora, nada de novo: ele continua maravilhoso como sempre. O efeito “Uau! A CPU é só isso?” ainda continua e não acredito que vá mudar nunca. Na minha humilde opinião, a Apple sempre soube o que fazer nessa área.

4-imac-unbox-2

Na parte de trás, um olhar atento perceberá uma porta USB adicional colocada no novo modelo, que será, é claro, muito bem-vinda. Pessoalmente, tenho problemas com as três presentes no meu iMac — que, por acaso, estão sempre todas ocupadas.

4-imac-unbox-3

Atenção para o novo teclado que acompanha os novos modelos. Aliás, alguém aí pode me explicar o que é que a Apple tem na cabeça com essa mudança? Quando eu mandei o email pedindo explicações sobre as teclas Home, End, Page Up e Page Down, não pensei que iriam se livrar delas. Elas atrapalham um pouco, eu sei. Mas cadêêê o meu teclado numérico?!

4-imac-unbox-4

A seguir, cenas fortes produzidas pela turma do iFixit, para os cardíacos como eu… Depois dessas fotos, eu passei a repensar algumas coisas. Já tinha visto vários PCs abertos. Inclusive já montei sozinho dois dos meus antigos amigos eletrônicos. Mas ver o iMac assim estropiado, coitado, é assustador para mim.

4-ifixit-imac-1

Embora o novo HD, agora com 320GB de espaço, não possua nenhum parafuso que o prenda, graças a um sistema de garra e presilha — como pode ser visto na foto abaixo —, para chegar até ele é necessário retirar 21 parafusos.

4-ifixit-imac-2

Como foi observado durante o desmonte, o processador é preso por um soquete, o que significa — em teoria — que ele pode ser retirado para uma futura atualização. Entretanto, um adesivo nos avisa que interferir no funcionamento da CPU pode violar a garantia do produto. Abaixo, a placa lógica com os slots de memória, o processador e a bateria da CMOS.

4-ifixit-imac-7

Ao que parece, a Apple colocou novas caixas de som nesses modelos, pois o som produzido nos novos iMacs parece estar mais forte e claro. Mudança merecida, pois, apesar de um par de belas caixas acústicas vir a ser um boa pedida, nem todas oferecem a mesma qualidade de som.

4-ifixit-imac-5

4-ifixit-imac-6

Aqui eu tenho uma visão ainda mais inédita para mim. Sim, eu confesso que nunca tinha visto um iMac por baixo, tanto que parei de escrever para virar o meu querido companheiro de pautas. Pensei que era algo exclusivo dos novos modelos. É surpresa para mais alguém ou eu sou o único? Que vergonha, Newton! 😉

4-ifixit-imac-3

Para fechar, um benchmark feito pela Primate Labs, no qual notamos que a diferença de desempenho entre os modelos não é tão grande. Resultado justo, diante de uma mudança que só envolveu acréscimo de GHz, e não de arquitetura, como aconteceu nos Macs Pro.

4-imac-benchmarks

Bom, agora é cruzar os dedos e esperar que os preços por aqui não mudem drasticamente (haha!).

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Google Calendar offline agora disponível para todos

Próximo Artigo

Skype distribuirá gratuitamente seu codec de áudio SILK

Posts Relacionados