O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple trabalha em patente para veiculação de propagandas com base na localização do usuário

Patente de geolocalização com StarbucksA Apple solicitou recentemente uma patente de interface baseada em geolocalização, que supostamente mudará a forma como usuários de iPhones e iPods realizam compras em lojas físicas — reporta o The Register.

Publicidade

Intitulada “Graphical User Interface with Location-Specific Interface Elements”, a invenção cobre uma série de serviços influenciados pela localização geográfica da pessoa, mas destaca, evidentemente, facilidades em compras feitas na própria iTunes Store enquanto o usuário está em trânsito.

Num dos exemplos citados, a pessoa que estivesse em uma loja ouvindo uma música poderia identificar o seu nome e artista na tela do gadget, onde teria acesso a um botão para compra imediata na iTS. Nesses casos, tanto a Apple quanto a loja onde o consumidor se encontrava se beneficiariam da compra, dividindo os lucros obtidos com a mesma.

Um outro aspecto da patente explica que o GPS de dispositivos como o iPhone estão se tornando tão precisos que será possível veicular propagandas e informativos para o usuário com base no lugar onde ele estiver — por exemplo, o aviso de uma promoção de um tipo de café especial enquanto ele está na fila de compra do Starbucks.

Publicidade

Não há dúvidas de que a Apple tem muitas ideias interessantes relacionadas a geolocalização. Ela já trabalha em invenções que exploram interatividades diversas com mapas digitais, implementou integração de metadados de GPS no iPhoto ’09 e já se sabe que o Mac OS X 10.6 Snow Leopard passará a usar nativamente o framework Core Location do iPhone.

Acho isso tudo muito legal, mas só tem uma coisa que não pode ser nunca esquecida: dar a possibilidade de o usuário desligar qualquer funcionalidade do tipo, quando quiser. Por mais benefícios que a tecnologia possa nos trazer, tem horas em que ela pode se tornar uma inconveniência muito grande.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

World Wide Web (WWW) comemora hoje 20 anos de vida

Próximo Artigo

Google perde executivo de longa data para a AOL, que ganha um novo CEO

Posts Relacionados