O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Mais polêmica: respostas à presença de chip nos controles de fones do novo shuffle

Foto: Hideki Francis Onda

Lembra da polêmica sobre a necessidade de um chip proprietário da Apple para headphones serem compatíveis com o novo iPod shuffle? Lembra que o pessoal do iFixit não tinha encontrado nada do tipo? Bem, olhe outra vez!

Publicidade
Foto: Hideki Francis Onda
Foto: Hideki Francis Onda (link para o original)

Eis o pomo da discórdia, em carne e… silício. 😛 Agora vejamos os desdobramentos e as consequências da descoberta deste pequeno, porém poderoso, componente necessário à compatibilidade de fones de ouvido no menor iPod já feito.

Crime e castigo…?

Como tudo começou com o iLounge, partamos de um editorial publicado ontem, no qual Jeremy Horwaitz declara que a equipe do site estaria sendo “punida” pela Apple por conta de resenhas de conteúdo negativo. A última, claro, foi a do iPod shuffle e seus controles no cabo dos earphones: uma declaração no meio da sétima página se espalhou como fogo no matagal e fez com que o menor iPod se tornasse também um dos menos simpáticos. Destaque-se este parágrafo um tanto cáustico do editorial:

Publicidade

Acreditem ou não, em um determinado ponto do ano passado, foi-nos dito especificamente que a companhia [Apple] procuraria uma abordagem “apenas fanboys” — valorizando publicações que basicamente aceitem e repitam as declarações da companhia com pouca ou nenhuma crítica.

Pesado… :-/ No mesmo editorial você encontra um link para o que seria o “aperto de mão eletrônico” do shuffle com os fones: um tom seria emitido e abriria as portas para a entrada de comandos. Em um artigo específico sobre a atuação do chip, Horwitz declara que haveria uma troca de informações codificadas entre o chip e o iPod e completa pesando os lados positivo e negativo de seu funcionamento: o componente extra pode oferecer garantia de qualidade, mas envolve toda uma burocracia para o fabricante do acessório nos bastidores. E burocracia é sinônimo de dor de cabeça, nós já sabemos…

O que Apple & friends dizem disso tudo?

Em declaração à Macworld, as fabricantes V-Moda e Scosche disseram que o chip é apenas um “controlador”, não um “autenticador”. A V-Moda, por sinal, começou dizendo que era um “chip de autenticação”, mas depois retificou a declaração feita ao Gizmodo. Ainda à Macworld, um porta-voz da Maçã confirmou que “como parte integrante do programa Made for iPod, procuramos ter certeza de que headphones de terceiros funcionem apropriadamente com o iPod shuffle de terceira geração”. Isso significa, portanto, que o programa de qualidade se estende agora a fones de ouvido com controles, assim como já era com equipamentos dotados de dock e cabos de vídeo.

No Boing Boing Gadgets, disseram inclusive que a Apple garantiu não haver qualquer tipo de criptografia nas informações gerenciadas pelo chip, o que significa que ele poderia ser facilmente clonado por fabricantes de acessórios. Como o componente é exclusivo da Maçã (você não pode adquiri-lo em nenhum outro lugar, ele nem consta na base de dados Octopart), não há como ter certeza se o uso de retro-engenharia para duplicar suas funções desencadearia ação judicial com base no DMCA.

Minha opinião

Ao ler este post do Edible Apple, simplesmente vi o que eu acho de toda essa história:

É doideira como as pessoas ampliam uma questão mínima até ela virar uma base de lançamentos de ataques do tipo “a Apple é o mal”. Dá um tempo. Se você não gosta dos fones da Apple, não compre o shuffle. Se não quer gastar dinheiro com os de terceiros, não compre o shuffle. Digo, caramba, quantas das pessoas que estão por aí reclamando ao menos planejam ter um shuffle, pra começo de conversa? Aposto como não muitas. […] Esta “controvérsia” com os fones do iPod Shuffle [sic] é simplesmente sem sentido. As pessoas não têm nada melhor pra fazer? Bem, aparentemente nem eu, pois estou reclamando disso, então talvez eu nem devesse estar fazendo zoada, pra começar. Oh, a hipocrisia!

Pra encerrar, eu acho que as acusações do iLounge foram bem graves e refletiriam uma postura super “capitalista selvagem” — ainda que não seja ilegal –, algo que pode, sem dúvida, arranhar a imagem da maçã de silício e torná-la mal vista — muito mais do que já é hoje. É questão de vermos como a coisa fica e esperar que o melhor aconteça.

And that, as they say, is that.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Apple trabalha na implantação de transformações tridimensionais no WebKit

Próximo Artigo

Confira estatísticas sobre o estado atual da plataforma móvel da Apple

Posts Relacionados