O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Advogado diz que Steve Jobs não teria forças para participar da reunião na prefeitura de Woodside

Jackling House de Steve Jobs em Woodside

Conforme divulgamos neste domingo, a prefeitura de Woodside, na Califórnia (Estados Unidos), se reuniu no final do dia de ontem para discutir mais uma vez a permissão para Steve Jobs demolir a mansão que comprou em 1984. O CEO da Apple, porém, não compareceu à audiência.

Publicidade

Jackling House de Steve Jobs em Woodside

“Eu não acho que ele teria forças se ficarmos aqui até uma da manhã e penso que haja uma grande possibilidade de isso acontecer”, afirmou Howard Ellman, advogado que representa Jobs no caso da Jackling House, referindo-se aos problemas de saúde que o fizeram se afastar de sua empresa por seis meses. E Howard estava certo: a sessão foi iniciada às 19h30 desta terça-feira e ainda acontecia três horas mais tarde, quando o San Jose Mercury News publicou uma matéria sobre o assunto.

Jackling House de Steve Jobs em Woodside

Residentes locais defendem os direitos de Jobs de levar abaixo um prédio de que ele não gosta e substituí-lo por uma casa que atenda melhor aos seus gostos. Por outro lado, conservadores que viajaram até mesmo dos estados da Flórida e da Virgínia argumentam que o CEO da Maçã não se esforçou o suficiente para encontrar alguém capaz de restaurar ou realocar a mansão de 84 anos, que eles descrevem como “um tesouro arquitetônico”.

Jackling House de Steve Jobs em Woodside

A equipe de Jobs diz à prefeitura que os custos de restauração da mansão estão estimados em US$13,3 milhões, enquanto a construção de uma nova casa não sairá por mais de US$5,1 milhões. A corte de apelações já sugere que uma diferença de US$5 milhões é suficiente para justificar que uma reforma do local é mesmo inviável.

[Mais fotos da “Jackling House” neste set do Flickr.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

comScore coloca Hulu em terceiro lugar entre portais de vídeos nos Estados Unidos

Próximo Artigo

IAC (dona do Ask.com) adquire Urbanspoon

Posts Relacionados