O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Como esperado, Amazon.com anuncia Kindle DX, irmão maior do Kindle

Amazon Kindle DX

Publicidade

Conforme previsto na segunda-feira e “confirmado” ainda ontem pelo Engadget, a Amazon.com anunciou hoje durante um evento com a imprensa realizado em Nova York o Kindle DX, uma versão maior e mais completa do seu famoso leitor de eBooks, o Kindle.

O produto já está disponível para pré-compra por US$490 e chegará ao mercado no meio do ano, trazendo uma tela de 9,7 polegadas (824×1200 pixels de resolução) — perfeita para a leitura de documentos como jornais, livros-texto e artigos de pesquisa. O atual modelo de 6 polegadas atende a boa parte dessas necessidades, mas certamente não é tão bom e adequado quanto o novo.

O Kindle DX incorpora um acelerômetro para rotação automática de conteúdos (à la iPhone/iPod touch) e aumenta a capacidade interna do Kindle para 3,3GB, o que permite o armazenamento de até 3.500 livros, periódicos ou documentos. Tal como o Kindle (que continuará saindo por US$360), o DX oferece acesso 3G pela rede sem fio da Sprint, possibilitando download de conteúdos independente de onde você estiver (um livro é baixado em menos de um minuto). Assim como reportamos anteriormente, ele também passa a ler PDFs nativamente.

Amazon Kindle DX

Não será apenas o The New York Times, mas também o The Boston Globe e o The Washington Post têm planos de oferecer assinaturas a longo prazo para o Kindle DX, levando o conteúdo das suas publicações à plataforma por preços mais em conta. Ele também é bastante direcionado ao mercado educacional: a gigante de e-commerce já anunciou parcerias de distribuição do Kindle DX do meio para o final deste ano, com a Universidade do Estado do Arizona, a Universidade Case Western Reserve, a Universidade de Princeton, o Reed College e a Escola de Negócios Darden na Universidade de Virgínia.

Amazon Kindle DX

O aparelho é tão fino quanto uma revista comum — cerca de 8 milímetros — e pesa apenas 290 gramas. Quer mais? A Amazon.com promete uma tela melhorada, com uma experiência de leitura ainda mais próxima de um papel real. Ela agora oferece 16 tons de cinza, com textos mais claros e imagens vívidas. A autonomia da bateria deve ser aumentada em 25%, para dias de leitura sem a necessidade de recarga. Por fim, ele ainda “vira páginas” 20% mais rápido que antes.

Como eu havia dito antes, eis um baita concorrente para a Apple e seu provável “iPod touch HD” de que tanto falam por aí. Adoro a concorrência.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Vídeo: a vida no Googleplex, em Mountain View (Califórnia)

Próximo Artigo
Apple e Twitter

Co-fundador do Twitter afirma: "Não estamos à venda."

Posts Relacionados