O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Google I/O 2009: Google lança Wave, um novo modelo de colaboração e comunicação na web

Google WaveEm vez de mostrar uma aplicação clara de muitas tecnologias que poderão se tornar populares nos navegadores web daqui a 10 anos — nas quais estão inclusos aplicativos ricos para web e aceleração gráfica 3D para jogos sem plugins —, o Google resolveu demonstrar no segundo dia da Google I/O 2009 uma nova ferramenta para comunicação e colaboração online, que busca unir email e mensagens instantâneas dentro de uma arquitetura flexível com muitas funcionalidades ricas para a web. Este é o conceito por trás do Wave, novo serviço que estará disponível para o público geral em breve.

Publicidade

Criado pelos irmãos Lars e Jens Rasmussen em conjunto com Stephanie Hannon (todos funcionários da sede do Google na Austrália), o serviço dá para a comunicação online muitas possibilidades que foram descobertas ou inventadas ao longo dos últimos anos e tornaram a web mais interativa, poderosa e cheia de funcionalidades. “É o que email seria, se tivesse sido lançado hoje”, afirma Lars.

O serviço ainda está no início da sua vida funcional, mas a sua ideia é antiga: data de 2004, mas ficou parada por um bom tempo em função da aparição de outros trabalhos para a sede da gigante de buscas naquela região. Em 2007, a ideia de retomar o projeto pôde ser concretizada, e assim ele tomou a forma que tem hoje.

Google Wave

Na sua lateral esquerda, ele lembrará de longe a sidebar do Gmail: seus contatos ficam em uma caixa separada na parte inferior, e na caixa superior estão suas pastas particulares, bem como uma lixeira e espaço para configurar o serviço. Indo para a caixa à direita, está a sua Inbox. É aqui que vem para nós o conceito de waves (ondas): são espaços criados por você ou por seus amigos unindo comunicação e colaboração sobre assuntos que você (ou qualquer contato que o chame para uma) define.

Publicidade

Nelas, você envia mensagens e arquivos de vários tipos para uma ou mais pessoas com um assunto, sendo que você pode adicionar mais pessoas para elas depois de criadas, responder logo embaixo do email enviado por outra pessoa (não existe um botão “compor mensagem”) e acompanhar o crescimento delas em um modo de repetição (playback), capaz de mostrar ao usuário, mensagem após mensagem, como uma discussão evoluiu, desde que ele enviou o primeiro email e se ausentou, por exemplo.

Google Wave

Se as pessoas com quem você está interagindo em uma wave estiverem conectadas ao serviço, elas acompanham em tempo real o que você digita, e vice-versa. Não existe um botão de “enviar”, as conversas evoluem naturalmente, podendo ser acompanhadas pelos usuários em qualquer navegador atual que suporte HTML 5 e outros padrões modernos da web. Safari, Firefox e Opera estão entre os browsers suportados pelo serviço, que deverá excluir o Internet Explorer, da Microsoft, em um primeiro momento.

O Google Wave será aberto para o desenvolvimento de gadgets e extensões. A sua API deverá ser disponibilizada para desenvolvedores amanhã, mas alguns serviços online (entre eles, o Twitter) já estão confirmados para funcionar com a novidade no momento em que for aberta ao público. Quanto aos usuários comuns, no momento é possível apenas registrar-se para ter garantia de ser um dos primeiros a acessar o serviço no seu lançamento, cuja data ainda não foi confirmada pelo Google.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Bing! Microsoft anuncia oficialmente seu novo mecanismo de buscas

Próximo Artigo

Gillette traz o barbear perfeito para o iPhone/iPod touch

Posts Relacionados