O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple já está construindo uma nova Retail Store na China; iPhone chegará ao país em julho

Representação artística da nova Apple Store

Pouco mais de nove meses após inaugurar sua primeira Retail Store na China, um novo projeto arquitetônico mostra que a Apple já está se preparando para o lançamento de mais uma loja no país. As imagens foram descobertas no site do escritório de design ShanghaiStudio, onde trabalha o famoso arquiteto norte-americano Benjamin Wood.

Publicidade
Representação artística da nova Apple Store
Representação artística da nova Apple Store

O desenho revela que o prédio terá três andares e contará com uma fachada com 30 metros de extensão. A construção terá características chinesas com a utilização de madeira escura e um telhado típico da região. Contudo, as marcas de uma legítima Apple Retail Store também estarão presentes: a área central será um grande bloco de vidro, com a Maçã iluminada suspensa, que permitirá a visão de uma grande escadaria de vidro.

Proposta original para o prédio antes das intervenções da Apple
Proposta original para o prédio antes das intervenções da Apple

Embora até o momento nenhuma foto tenha surgido, rumores dão conta de que a loja já está em construção e ficará na Qianmen Street. Sua conclusão está prevista para ocorrer ainda nesta primavera.

Projeto da escada de vidro
Projeto da escada de vidro

Enquanto isto, outros rumores apontam que o lançamento da terceira geração do iPhone ocorrerá na China ainda em julho. A Apple teria fechado pedidos com firmas locais para a produção de três modelos diferentes: um EDGE, um 3G e um com padrões chineses próprios.

Para muitos desses fornecedores, trabalhar com a Apple representa uma grande oportunidade para elevar suas receitas. No caso da Cheng Uei, produtora de conectores, os pedidos representam um aumento de 30% em seu faturamento. Muitas delas já estão com suas linhas de produção totalmente agendadas durante os próximos meses para suprir a demanda da firma de Cupertino.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Justiça americana investiga práticas de contratação da Apple e de outras empresas

Próximo Artigo

Opera libera primeira versão beta da nova geração do seu navegador, o Opera 10

Posts Relacionados