O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Intego: “Apple mudou sua atitude em relação a vírus e malwares para Mac”; será?

Vinda de uma respeitada firma de tecnologias em segurança da informação, a afirmação acima parece ser baseada apenas naquele caso registrado no ano passado sobre um artigo da Apple que “recomendava” a instalação de antivírus em Macs e nem ficou no ar por muito tempo. No entanto, a Intego fez seus comentários tendo como embasamento o futuro big cat da Maçã, o Mac OS X 10.6 Snow Leopard. Com tantos refinamentos e tecnologias novas, não me admira que a Apple também queira tornar ainda mais livre de perigo algo que (devemos admitir) já é muito seguro para usuários finais, ainda que falível.

Publicidade

Mac OS X Snow Leopard

Como o Snow Leopard é um sistema operacional 100% 64 bits, nada mais justo que abraçar a série de benefícios que essa tecnologia traz em segurança, dos quais destacam-se grandes novidades em sandboxing de código, que torna os processos menos suscetíveis a ataques maliciosos e permite isolá-los em “ambientes virtuais restritos”, caso seja preciso. Além disso, também estão presentes avanços na randomização do espaço de endereçamento de memória e inutilização de executáveis, que tornam o sistema ainda mais robusto contra falhas nos processos — que podem não ser causadas apenas por agentes maliciosos, diga-se de passagem.

No caso da Apple, buscar oferecer maior maior segurança ao seu sistema operacional é zelar pela alta robustez que já existe nele. Tivemos alguns casos do aparecimento de cavalos de Troia com as novas versões do iWork e do Photoshop no primeiro trimestre deste ano, é verdade, mas essas ameaças e outras que hoje ainda existem para a plataforma Mac não são vírus e requerem o consentimento do usuário para que consigam ser instaladas na máquina hospedeira. Com a chegada de mais novidades em segurança no Mac OS X, o resultado será um sistema ainda mais seguro contra o que pode vir de perigoso remotamente.

Dessa forma, as medidas que estão sendo tomadas em segurança no Snow Leopard não devem ser levadas como uma forma de a Apple admitir que seu sistema pode ser inseguro, nem como uma brecha para outra companhia falar que a Maçã mudou sua atitude em relação a vírus e malwares para Mac. Deixar o Leopard melhor para o futuro incluiu maior estabilidade e segurança do início e, depois do que vi na segunda-feira, eu tenho confiança nas palavras do chefe de engenharia da firma de Cupertino, acreditando que o Leopard que eu conheço e com que adoro trabalhar hoje será ainda melhor no Snow Leopard.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Apple inicia liquidação de notebooks em suas Retail Stores para queimar estoque restante

Próximo Artigo

Headphones In-Ear da Apple são compatíveis com o iPhone 3G S

Posts Relacionados