O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iPhone 3G S traz processador de 600MHz, 256MB de memória e tecnologia PowerVR SGX para gráficos

A operadora T-Mobile na Holanda foi a primeira a divulgar especificações técnicas do novo iPhone 3G S que vão além do exposto na segunda-feira pela Apple, durante a abertura da WWDC ’09. Em vez de falar apenas que o novo aparelho é duas vezes mais rápido nisso e três naquilo, ela também incluiu nas descrições um detalhe do seu processador, que de fato possui 600MHz de frequência.

Publicidade

iPhone 3G S

A informação confirma o que já era corroborado nesse assunto semanas antes da conferência, sobre o chip dentro de cada novo iPhone ser 50% mais rápido que os atuais. O modelo 3G que continuará sendo vendido por US$100 conta com uma CPU de 400MHz, sendo que a do 3G S é a mais potente já colocada em um gadget da Apple. Aparentemente, ela se baseia na última tecnologia v7 Cortex, da ARM, que traz, entre outras novidades, um conjunto de instruções aprimorado para multimídia.

Também na página da T-Mobile está a confirmação do uso de 256MB de RAM, o dobro em relação a toda a sua geração anterior de dispositivos multi-touch. Isso dá maior espaço físico para execução de aplicativos no novo iPhone OS 3.0, que por sinal traz um número grande de recursos e ainda assim se demonstra muito rápido. Com mais memória, processos rodam com melhor desempenho e têm menor chance de serem encerrados automaticamente devido ao sistema precisar de mais espaço para rodar.

Publicidade

Quanto aos gráficos mais poderosos do iPhone 3G S, fontes ligadas ao AppleInsider afirmam que essa novidade está presente graças ao chipset gráfico PowerVR SGX, tecnologia proveniente da Imagination Technologies que teria sido licenciada para Apple e Samsung na produção soluções de SoC (em inglês, System on a Chip), unindo um processador gráfico poderoso a um chip com poder de processamento geral e conectividade sem fio. Assim, essa solução entrega excelente desempenho computacional com gráficos aprimorados.

É devido a esses avanços em hardware que a Apple foi capaz de dar ao seu novo smartphone suporte a OpenGL ES 2.0, especificação que vem para tornar a programação de código de render para cenas e composições em 3D mais flexível. Por eliminar alguns padrões de objetos utilizados na especificação 1.1, elas são totalmente incompatíveis, o que tornou obrigatória por parte da Apple a inclusão de drivers adicionais para o suporte a 1.1 no novo hardware gráfico do iPhone 3G S. Isso faz com que ele suporte aplicativos compilados com o modelo antigo de APIs para gráficos 3D, o que é benéfico para que os atuais jogos rodem com maior performance.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Google vai mais a fundo e explica os motivos de lançar o Chrome para Mac em um estágio tão primitivo

Próximo Artigo

Confira os ganhadores do Apple Design Awards 2009

Posts Relacionados