O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

MobileMe está preparado para uso do recurso “Find My iPhone” no iPhone OS 3.0 (e nós já testamos)

08-findmyiphoneO Newton Mota detalhou ontem o recurso “Find My iPhone” que a Apple implantou na versão 3.0 do iPhone OS, mas uma coisa importante que merece ser notada é que o recurso já está pronto para ser usado no MobileMe. Isso quer dizer que quem fez o download do GM seed liberado ontem durante a WWDC ’09 já pode testar a novidade, seja localizando seu aparelho, seja enviando uma mensagem para ele, ou até executando comandos de exclusão total dos dados no aparelho.

Publicidade

O MacMagazine testou o recurso, e é fato que ele funciona muito bem. O funcionamento das suas três características principais está detalhado a seguir:

Localização

Find my iPhone

O iPhone/iPod touch perdido obviamente apenas poderá ser localizado caso esteja conectado à internet por meio de uma rede celular ou Wi-Fi, então a primeira coisa que vocês devem notar na imagem acima é que ele estabelece uma conexão direta com o aparelho ao tentar localizá-lo — ao configurar sua conta MobileMe no iPhone, a ativação desse recurso é feita pelo usuário, e não automaticamente. A partir daí, ele inicia uma tentativa de localização.

Mesmo que seu iPhone não possua GPS (ou você tenha um iPod touch), você pode usar o Find My iPhone com triangulação de antenas. Ele tenta obter sua localização da melhor e mais precisa forma possível, e passa as informações de latitude e longitude obtidas a partir do aparelho para o Google Maps. Quando o resultado não é muito preciso ou se você quiser fazer uma nova localização, um botão Update Location está disponível, logo abaixo do mapa. Zoom e opções de imagem também são providas pelo Google Maps.

Envio de mensagem ao aparelho

Funciona instantaneamente. Use o botão Display a Message logo abaixo das opções de localização do aparelho e então digite o que deseja mostrar na tela do aparelho perdido/roubado. Seja breve: apenas 160 caracteres são suportados.

Find my iPhone

Clicando em Send, a mensagem é entregue ao aparelho imediatamente, sem atrasos. O som emitido por esse alerta toca por até dois minutos, mesmo com o iPhone em modo silencioso, mas se você quiser pode desativá-lo. Note que o aparelho deve estar conectado a um rede de dados para exibir a mensagem e ativar o som, como mostra a screenshot a seguir:

Find my iPhone

E, claro, um email é enviado para você assim que a mensagem é entregue no iPhone:

Find my iPhone

“Destruição” remota

Se não tiver certeza se conseguirá recuperar o seu iPhone/iPod touch perdido, é recomendado que você envie um comando de “destruição” remota para ele. A opção para isso vai logo abaixo das opções de envio de mensagens. Clicando sobre ela, um aviso pede sua confirmação e ciência de que a função não pode ser revertida ou cancelada, e que nada poderá ser recuperado no aparelho após a execução do comando. Ao pressionar o botão Erase all Data, o comando é enviado e executado assim que o aparelho se conectar a uma rede de dados.

Find my iPhone

Caso esteja achando dramático ou estranho da minha parte chamar isso de “destruição”, saiba que a função faz jus ao nome: todos os dados são destruídos sem possibilidade de restauração, e o iPhone/iPod touch é “brickado”, não pode ser religado e, de acordo com que foi passado por Scott Forstall em sua apresentação, só poderá ser recuperado a partir de um backup do iTunes correspondente a ele — lembrem-se de que todos os backups do iTunes serão criptografados com identificação de hardware graças à chegada do iPhone OS 3.0 e do iPhone 3G S.

Um email também confirma a execução do processo:

Find my iPhone

. . .

Para finalizar, nossos correspondentes em São Francisco tiveram acesso ao GM seed do iPhone OS 3.0 e gravaram uma demonstração do “Find My iPhone”. Aproveite!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=BQTZnKFaySE[/youtube]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

MacRumors afirma que case fosca para o iPhone 3G S era real

Próximo Artigo

Firemint lança Real Racing para iPhones/iPods touch

Posts Relacionados