O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Mac OS X 10.6 Snow Leopard trará nova fonte padrão e outras mudanças tipográficas

Além das diversas mudanças estéticas e melhorias técnicas introduzidas pela Apple no Mac OS X 10.6 Snow Leopard, o novo sistema operacional da Maçã trará algumas novidades relacionadas a fontes e como elas passam a ser utilizadas e controladas.

Publicidade

Dentre as mudanças, a primeira delas será como o sistema “mostra” as fontes em sua tela. A partir de agora, só existirá a opção de ligar o anti-aliasing (suavização) para fontes em monitores LCD. A opção medium (médio), padrão para telas flat até o Mac OS X 10.5 Leopard, será a única existente, ao contrário das cinco atuais — provavelmente foi uma decisão tomada para melhorar a otimização do sistema.

Otimização de fonte no Snow Leopard

A segunda mudança é que a Apple decidiu abandonar o formato proprietário DFONT. Em seu lugar, será utilizado o formato TTC, uma variação do formato TrueType que permite o agrupamento de vários estilos tipográficos (normal, negrito, itálico…) em um mesmo arquivo. O Mac OS possui suporte para este padrão desde a versão 8.5.

Já a última mudança afetará primariamente os desenvolvedores da plataforma. O Snow Leopard abandonará a fonte monoespaçada Monaco, que é utilizada pela Apple desde 1984. Em seu lugar, a Maçã adotará uma fonte própria baseada na popular DejaVu Sans Mono, a Apple Menlo, uma fonte sans serif (sem serifa) monoespaçada.

Comparativo entre Menlo e DejaVu Sans Mono

Para muitos, esta mudança não será nada de mais. Mas, para desenvolvedores, uma determinada fonte pode fazer toda a diferença na hora de escrever códigos de programação. Em especial, o tamanho 9pt da Monaco é a opção favorita de muitos deles. Até recentemente, era este o padrão utilizado no Terminal e em editores como o BBEdit.

Publicidade

Com a crescente melhoria nos monitores, a utilização de uma fonte com anti-aliasing para programação tem se tornado uma escolha mais prática. A DejaVu Sans Mono (uma variação da Vera Sans Mono, da Bitstream) recentemente tornou-se favorita na lista dos programadores. Versões customizadas da DejaVu foram utilizadas em versões mais recentes do Coda, da Panic, e do BBEdit. A criação pela Apple de uma versão própria parece uma opção mais do que natural.

Para muitos designers e diretores de arte, o novo padrão TTC não trará grandes mudanças — continuaremos usando versões OpenType e Postscript. Mas, assim que o Snow Leopard for lançado, veremos atualizações em diversos programas para gerenciamento de fontes, como o FontExplorer e o Suitcase, para suportar as mudanças estabelecidas pela Apple.

[Via: Ars Technica.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Saiba como proceder para obter uma luminância de tela igual à do Mac OS X 10.6 Snow Leopard

Próximo Artigo

Galeria de screenshots do build 10A380 traz mais refinamentos do Mac OS X 10.6 Snow Leopard; baixe seu wallpaper e o novo ícone do QuickTime X

Posts Relacionados