O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Aspyr lança Call of Duty Deluxe Edition para Mac

Call of Duty Deluxe Edition for MacA Aspyr Media anunciou hoje a disponibilidade do Call of Duty Deluxe Edition para Mac. O pacote especial, que contém a versão original do jogo e a expansão Call of Duty: United Offensive, está disponível para compra por US$30 pelo GameAgent, centro de distribuição digital da empresa.

Publicidade

Call of Duty Deluxe Edition Mac

Neste game, que será um binário universal (compatível com Macs com processadores PowerPC e Intel), o jogador lutará contra os nazistas em batalhas históricas como o Dia D, na investida Russa contra Stalingrado e na conquista por Berlim. São 24 missões single-player divididas em quatro companhas interconectadas e ainda um modo multiplayer, em ações de times dos Países Aliados contra as Nações do Eixo.

Ao percorrer os níveis de Call of Duty, o jogador vai melhorando seu ranking e participando de missões mais perigosas, como atuar como atirador de elite ou realizar emboscadas, até conseguir o posto de comandante de tanques.

Call of Duty Deluxe Edition for Mac

A expansão United Offensive oferece 13 missões adicionais e 11 novos mapas para jogo multi-player com três novos modos de batalha. No decorrer das missões, o jogador ganhará acesso a novas armas — como metralhadoras e lança-chamas — e poderá pilotar tanques, jipes, motocicletas e até um bombardeiro. A United Offensive revive grandes momentos como a Batalha de Bulge, a Batalha Kurks (umas das maiores entre tanques da história) e a invasão da Sicília.

Call of Duty Deluxe Edition for Mac

Os requisitos mínimos para o Call of Duty Deluxe Edition são: Mac OS X 10.4.11 ou 10.5.7, processador PowerPC G5 ou Intel com 1,6GHz, 256MB de RAM, 2,5GB de HD livre e placa de vídeo ATI Radeon 9800 ou NVIDIA GeForce 5200 com 64MB de memória. Nota: processadores gráficos integrados da Intel não são suportados. 🙁

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Novo MacBook Air topo de linha é mais lento que o anterior

Próximo Artigo

D'Incao Instituto de Ensino investe ainda mais em tecnologias Apple

Posts Relacionados