BeautyMeter: Apple enfrenta mais um problema com nudez em aplicativo da App Store

Recentemente vimos a Apple enfrentar o primeiro problema com relação a nudez em um aplicativo distribuído na App Store. O Hottest Girls foi liberado pela Maçã e poucas horas depois teve que ser removido, com a justificativa de que a Maçã não distribuirá aplicativos que contenham conteúdos inapropriados, como pornografia.

Publicidade

Agora, mais um programa surgiu para mostrar como o sistema de controle da App Store está falho ou que a Apple não pode controlar tudo o que acontece. O BeautyMeter (1,6MB), um aplicativo que permite votar/qualificar fotos enviadas pelos próprios usuários, é um caso disso. Embora a Brown Software tenha o classificado como impróprio para menores de 17 anos, o envio de imagens com conteúdo erótico/pornográfico poderá se tornar um grande problema.

Como podemos ver pelas imagens abaixo, os desenvolvedores do aplicativo permitiram que várias imagens de garotas semi-nuas enviadas por usuários fossem publicadas no BeautyMeter. E o pior, a imagem da direita mostra claramente o que pode ser classificado como pornografia infantil (!) — uma garota de 15 anos praticamente nua.

Segundo a Brown, ela não pode verificar cada foto enviada, mas promete realizar uma limpeza periódica. A empresa afirma, ainda, que cada usuário do aplicativo é obrigado a fornecer a ID de seu aparelho, permitindo o rastreamento de quem utiliza material inapropriado.

Por enquanto, o BeautyMeter continua disponível na App Store. Vamos ver por quanto tempo a Apple permitirá que ele continue por lá…

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…