O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Fotógrafo profissional elogia novas telas dos MacBooks Pro, mas designer não diz o mesmo

Com o lançamento dos novos MacBooks Pro no mês passado, a Apple padronizou a utilização de um novo modelo de tela introduzido na versão de 17 polegadas, durante a última Macworld Expo: nos de 13 e 15 polegadas, também é possível encontrar maior ângulo de visão, mais contraste de cor e luminância para usuários avançados, como designers ou fotógrafos. E já que ninguém é melhor para avaliar esse quesito do que profissionais dessas áreas, Rob Galbraith, líder de uma empresa especializada em treinamentos sobre fotografia, tratou de avaliar as telas dos novos MacBooks Pro e registrar suas impressões em seu próprio site.

Publicidade

MacBooks Pro

O fotógrafo descreve as telas dos novos notebooks profissionais da Apple como as melhores já vistas em qualquer produto portátil produzido por ela. Sua precisão de cor, que realmente faz a diferença na preparação de material impresso e digital, é a melhor já vista desde 2001. O elogio é válido, porque trata-se de uma qualidade difícil de encontrar em portáteis.

Além disso, a qualidade de visualização de tons de cinza e a regularidade de iluminação providos pelo monitor foram descritos como excelentes, mas essas impressões captadas por Galbraith dependem do ângulo de visão, que, apesar de mais largo, não deixa de comprometer a qualidade em alguns casos. Outro revés citado por ele é quanto ao acabamento glossy, cujos reflexos podem dificultar o trabalho em algumas situações — quando não oferecem problemas de saúde. A opção de acabamento anti-reflexivo cobre apenas o modelo de 17 polegadas.

MacBook Pro com tela glossy

Quem também falou um pouco dos novos MacBooks Pro foi o designer Louie Mantia, da Iconfactory, mas a sua experiência já não foi muito boa. Comprador de uma unidade de 13 polegadas e profissional que depende fortemente da sensibilidade de cor em uma boa tela, ele notou facilmente que o display do seu novo notebook, apesar das melhorias em contraste, luminância e ângulo de visão, ainda é de 6 bits por 3 canais de cor, capaz de exibir apenas 262.144 cores. Em contrapartida, seu monitor Cinema de 30 polegadas é de 8 bits, capaz de exibir 16,7 milhões de cores, então foi fácil notar a diferença de qualidade quanto conectou-o ao MacBook Pro.

Publicidade

Para piorar ainda mais a sua experiência de compra, lhe forneceram um adaptador errado para uso com o computador. Apesar de o acessório ter sido substituído gratuitamente pela empresa, a Apple se recusou a esclarecer ao designer por que um portátil de 13 polegadas não pode ser oferecido com uma tela de 8 bits. Pelo jeito, é um privilégio que ela ainda restringe aos modelos de melhor configuração, mesmo com seu menor computador de alumínio agora reconhecido como um produto profissional.

[Via: TUAW.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

E já saiu a purplera1n para Mac OS X; usuários da Maçã também já podem fazer jailbreak no iPhone 3GS

Próximo Artigo

Proteção oleofóbica da tela do iPhone 3GS pode estar sujeita a dissolução com uso excessivo

Posts Relacionados