O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

De graça, até injeção na testa! L

Músicas 20090707Pessoal, está chegando o aniversário da iPhone App Store! 😀 Uma curiosidade que me consome: será que esta “seção” da iTunes Store já consegue fazer mais dinheiro que todas as outras juntas? Bem que poderiam criar uma seção de App of the Week (e dar, digamos, Edge de graça — que, apesar de tudo, está disponível na loja estadunidense!). Pode ser que aconteça, eventualmente: vamos ficar na torcida.

Publicidade

E, para que não seja por falta de aviso, estamos numa época em que uma das maiores infelicidades do mundo é comprar um iPod. Eu já falei disso e é bom lembrar: se não quiser ficar com a cara no chão por conta de algum evento setembrino, melhor se segurar, segurar o cartão de crédito e esperar. 😉 E, caso adquira/tenha adquirido um, seja feliz e não se deixe afetar pelo Campo de Distorção da Realidade®, ou vai acabar numa camisa de força: iPods mudam toda hora todo ano, é esse o jogo, não precisamos ficar com (muita) raiva.

Enquanto esperamos, que tal falarmos de música? 😉

Single of the Week

MeeseToda semana encontramos uma faixa de um artista ou banda de que gostamos e a trazemos até você, gratuitamente, como nosso Single of the Week. Meese é um grupo sediado em Denver que está pronto para mandar seu álbum de estreia, Broadcast, mundo afora. Conseguimos o novo single da banda, “Next In Line”, disponível para vocês conferirem gratuitamente. Meese tem um espinhaço sólido, de rock com leves toques de synth que leva a faixa para a frente. Uma mistura de harmonias espirituosas dentro de guitarras grosseiras e texturas eletrônicas dá à banda uma identidade distintiva. Neste verão, você pode pegar Meese em turnê com o Fray e Jack’s Mannequin.

Se você gostar da faixa, dê uma conferida no álbum. [13 faixas por US$8]

[Site oficial | MySpace | Wikipédia]

Eu esperava um pouco mais. Até por questão de semelhança fisionômica, é inevitável comparar a Meese com a The Script: o estilo e os integrantes das duas bandas são muito parecidos. Então, o que esta tem que àquela falta? Balls. Enquanto o som de, digamos, “The Man Who Can’t Be Moved” é atrevido (ainda que dramático), “Next In Line” (link para a iTS) é apenas meloso. Aliás, como você mesmo pode conferir via MySpace, muitas faixas da banda carecem um tantinho de testosterona. IMHO: 2/5 Não que seja ruim, mas o rock deles ainda está meio imaturo — pelo menos vai no caminho certo.

Canción de la Semana

Los Amigos InvisiblesToda semana, encontramos uma faixa de um artista ou banda que está na crista do sucesso e a trazemos até você, gratuitamente, como nossa Canción de la Semana. Que apropriado, para “Viviré Para Ti” ser a Canción de la Semana, justo quando todos estão tirando roupas de verão curtas do armário. O divertido grupo venezuelano enche até a borda um coquetel de disco relaxado e lounge latino, encimado por vocais esplendorosos de Julion Briceño e da convidada especial Natalia Lafourcade. O produtor Dimitri from Paris dá a “Viviré Para Ti” asas para transcender a linguagem e a era das discotecas. Deixe Los Amigos te refrescarem enquanto a temperatura sobe.

Se você gostar da faixa, dê uma conferida no álbum. [17 faixas por US$8]

[Site oficial (beta) | MySpace (apenas amostras) | Wikipédia]

Gaarh, Dancin’ Days! Fugidos da década de 80 (ou antes), Los Amigos Invisibles não passam inaudíveis. Eu até que fiquei contente com esta Canción/Discovery Download, pois “Viviré Para Ti” adicionou um pouco de flashback dançante à minha coleção de músicas. Na verdade, todo o catálogo do grupo segue essa linha, mas com uma variedade difícil de acreditar (ou de encontrar por aí). Ah, antes que eu esqueça, faça-se um favor e ouça “Sueño Erotico” (4/5 de puro passado purpurinado) e “Plastic Woman” (5/5 de embalos de sábado à noite). IMHO: 3/5 Pra quem não tem medo de brilhantina.

Video of the Week

Audrye SessionA Audrye Sessions foi fundada em 2002 pelos cantores Ryan Karazija e Alicia Marie Campbell. Pouco depois, Michael Knox juntou-se ao grupo por meio de um anúncio no Craigslist, e atualmente o grupo conta com James Leste na bateria. Eles começaram tocando em cafeterias de suas cidade natal (Livermore, Califórnia). Num perfil do San Francisco Chronicle, eles se descreveram como tendo um “toque do rock britânico, como The Beatles encontra a Muse”.

[Adaptado do artigo sobre a banda, na Wikipédia.]

[Site oficial | MySpace | Wikipédia]

Credo, quanto custou para fazerem esse clipe? US$500? Acho que é esse o tipo de coisa que uma banda que tem uma música (“Turn Me Off”, no caso; link para a iTS), os instrumentos e um galpão no estilo barroco buraco pode fazer para se promover. Tudo bem, eles também têm uns refletores e uma câmera ou um software capaz de aplicar uns efeitos de filtro legais. Mas é só: sem grandes efeitos especiais, ou explosões, ou CGI, ou firulas muito grandes. Só o som e quatro pessoas tocando. :-/

Publicidade

FICOU AWESOME!! 😀 A música é show (o vocalista canta que chora), o trabalho de câmera ficou cinematográfico e os filtros, junto com a edição, mataram a pau. Pois é, caso você tenha uma banda e queira angariar fãs, faça como esses caras e produza um vídeo quase “de arte”, tão bom que ficou.

Audrye Session - grupo

IMHO: 5/5 Tem “rock alternativo” escrito em todo lugar, aqui, e é muito promissor.

. . .

Corrido, não? Eu meio que detesto quando o povo da iTS resolve juntar Discovery Download e Canción de la Semana numa coisa só, mas pelo menos a qualidade valeu. Não deixe de visitar a seção FREE on iTunes, que está cheia de pilotos e especiais de séries e filmes, além de estar dando um trecho de audiobooks toda semana.

Segundo a teoria do rebote cármico, pode até ser que, semana que vem, tenhamos uma compensação em qualidade e quantidade. Até lá! 😀

Caso você não tenha uma conta na iTS norte-americana, leia este post. As músicas da iTS aqui comentadas só podem ser adquiridas gratuitamente até 13 de julho, portanto não durma no ponto!

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Plugin Cooliris chega à versão 1.11 com suporte à visualização de conteúdos na janela do navegador

Próximo Artigo

Creative lançará media player touchscreen para concorrer com o iPod touch

Posts Relacionados