O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Google Earth ganha recurso Moon, para quem quer conhecer a Lua em 3D

O Google anunciou hoje a disponibilidade de um novo recurso da versão 5.0 do Google Earth — o Google Moon, que permite explorar a paisagem lunar virtualmente com um conjunto de dados completo sobre o terreno da Lua. O objetivo é oferecer mais informações sobre o satélite natural por meio de uma envolvente experiência em 3D. A nova funcionalidade tem seu lançamento no dia em que se comemoram os 40 anos da chegada do homem à Lua.

Publicidade

Google Moon

O novo recurso funciona como um atlas interativo em três dimensões a partir de dados e imagens capturados pelo altímetro a laser Kaguya. Ele possibilita aos usuários participar de passeios guiados pelos astronautas Buzz Aldrin (Apollo 11) e Jack Schmitt (Apollo 17), visualizar fotos panorâmicas de alta resolução e assistir a gravações nunca antes divulgadas de imagens da superfície da Lua. Além disso, o Google Moon também inclui “viagens conceituais” elaboradas pelas equipes que estão participando do Google Lunar X-PRIZE — competição internacional promovida pelo Google que premiará, com US$30 milhões, o time que conseguir pousar um robô na Lua, fazê-lo viajar 500 metros e mandar imagens e dados para a Terra.

“Há 40 anos, dois homens andaram na Lua. A partir de hoje, com o recurso Google Moon, será possível seguir os passos deles”, diz Michael Weiss-Malik, gerente do produto no Google. “Estamos fornecendo acesso sem precedentes a uma apresentação interativa em 3D das missões Apollo para centenas de milhões de pessoas em todo o mundo.”

Google Moon

A nova ferramenta é o mais recente resultado do Space Act Agreement, acordo firmado em novembro de 2006 entre o Google e a NASA para a colaboração em uma série de atividades tecnológicas focadas em pesquisa e desenvolvimento. “O anúncio de hoje torna ainda mais ampla a relação entre o Google e o Centro de pesquisa Ames da NASA”, disse S. Pete Worden, diretor da agência espacial norte-americana. “Temos o prazer de ser parte dos esforços mais recentes do Google em disponibilizar a exploração virtual da lua a todos por meio do computador.”

Publicidade
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=zHJ77RsnFXI[/youtube]

O Google Moon inclui uma série de recursos, entre eles:

  • Imagens de satélite especiais: para explorar imagens sobrepostas e descrições detalhadas das áreas da Lua selecionadas pela publicação Lunar Image of the Week, da Universidade do Estado do Arizona;
  • Imagens capturadas por espaçonaves: acesso a imagens capturadas pela câmera métrica das naves Apollo e Clementine ou pelo Lunar Orbiter;
  • Missões Apollo: viagem no tempo para a época da nave Apollo, com informações sobre os locais de pouso das missões Apollo 11 a 17. É possível explorar imagens similares às do recurso Street View com fotos panorâmicas, além de gravações inéditas de filmes feitos pelas espaçonaves e textos sobre os lugares vistos pelos astronautas em suas viagens para a Lua;
  • Passeios guiados: com os astronautas Buzz Aldrin (da Apollo 11) e Jack Schmitt (da Apollo 17);
  • Mapas históricos: plantas geológicas e topográficas da Lua criadas na época das missões Apollo e que foram usadas no centro de controle de viagens à Lua;
  • Objetos terrestres: os tipos de equipamento exploratório que os seres humanos deixaram na Lua e onde eles podem ser encontrados hoje. Há objetos dos Estados Unidos, da antiga União Soviética, da China, da União Europeia, do Japão e da Índia — alguns deles disponíveis em 3D.

Para acessar o Google Moon, basta abrir o Google Earth 5.0 e alterar o modo de “Earth” (Terra) para “Moon” (Lua) na barra de ferramentas na parte superior da tela. Não deixe de conferir também a sua versão online, no estilo Google Maps.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Filmes em Blu-ray da Universal Studios poderão ser controlados por iPhones/iPods touch

Próximo Artigo

Um pequeno passo para o homem...

Posts Relacionados