Microsoft altera comerciais “Laptop Hunters” após ameaça judicial da Apple

Como já era de se esperar, as declarações feitas na semana passada pelo COO da Microsoft, Kevin Turner, não eram totalmente verdadeiras. Por um lado, ele não inventaria uma suposta ligação do departamento jurídico da Apple para tratar da campanha Laptop Hunters, mas por outro deve ter se sentido um “machão” afirmando que sua empresa “continuaria com a campanha” como se as exigências de Cupertino fossem balela.

Publicidade

O Advertising Age noticiou de ontem pra hoje que a Microsoft cedeu às ameaças da Apple e modificou os seus comerciais para que deixem de ser falaciosos em relação aos preços atualizados de laptops Mac. O foco da Laptop Hunters continua o mesmo, porém: tentar dizer que o custo/benefício de se adquirir um PC é superior ao da linha de computadores da Maçã. Heh.

Num dos VTs, especificamente, no qual são apresentadas Lauren e Sue, o “desafio” é achar um computador por menos de US$1.700. Na versão veiculada originalmente, a Lauren observava um Apple e dizia: “Este Mac custa US$2.000, e isso sem adicionar nada.” Sua mãe, então, perguntava: “Por que você pagaria o dobro do preço?” E ela concluía: “Eu não pagaria”, optando por um laptop Dell de US$972. Este comercial já foi editado e não contém mais referências aos preços de Macs, mas Lauren ainda comenta sobre a Apple: “Parece que você está pagando muito pela marca.”

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=-XOtCFNaNUg[/youtube]

E por falar em computadores e preços, vale lembrar sobre a pesquisa do NPD Group divulgada ontem: 91% dos PCs de US$1.000 ou mais vendidos hoje em lojas de varejo nos Estados Unidos são Macs.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…