AT&T nega envolvimento nas decisões da Apple acerca do banimento de títulos na iPhone App Store

AT&T como a Estrela da Morte

AT&T como a Estrela da MorteEm resposta à correspondência oficial enviada pela FCC que questiona o seu envolvimento no banimento do aplicativo oficial do Google Voice e de aplicativos similares na iPhone App Store, a AT&T declarou:

Publicidade

Não gerenciamos a aprovação de aplicativos para a App Store.

A resposta põe lenha na fogueira e procura chamuscar a Apple, que, após declarações feitas durante a WWDC’ 09 e suas recentes conversas com a Verizon Wireless, não estaria com a melhor das imagens junto à operadora parceira nos Estados Unidos.

De acordo com a firma de Cupertino, a razão principal da rejeição seria a duplicidade de funcionalidades do iPhone OS que estariam sendo oferecidas no aplicativo em questão— com foco na capacidade de efetuar chamadas, o que poderia prejudicar a AT&T. No entanto, a situação ganhou um agravante adicional ao englobar outros aplicativos similares, pré-aprovados e já presentes na loja.

Publicidade

A FCC é consciente de que a AT&T já se envolveu num caso similar, quando solicitou que o SlingPlayer fosse retirado por consumo excessivo da banda na sua rede 3G, e quer saber até onde se estende de verdade o acordo assinado entre a Apple e a operadora de telefonia. É fato que, com o uso do aplicativo, a AT&T não estaria perdendo dinheiro, visto que o tráfego de dados só aumentaria, como deve ocorrer em outras plataformas que suportam versões do Google Voice e do GV Mobile, como Android, Symbian OS e BlackBerry.

Fique ligado, que essa história não acaba por aqui.

[Via: AllThingsD.]

Posts relacionados

Comentários