O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Devido ao não-pagamento de horas extras, Apple é processada por ex-empregado

Logo prata da Apple

Logo prata da AppleUm novo processo contra a Apple foi aberto no estado da Flórida (Estados Unidos), desta vez por um ex-empregado da empresa. Ele a acusa de não obedecer às leis referentes ao pagamento de horas extras e está na mesma situação de outros ex-colegas de trabalho que não foram devidamente compensados até hoje.

Publicidade

O processo foi aberto com uma documentação de apenas quatro páginas, mas não menciona o local onde o impetrante trabalhou ou o cargo que exercia. Através de uma busca com o nome do empregado que abriu a ação judicial — Kenyon Zahner —, foi descoberto que ele era um técnico em Macs, atualmente residente na Costa Rica.

Zahner também não é capaz de fornecer uma estimativa de quantas horas extras trabalhadas a Apple lhe deve, pois ela detém o controle dos registros. Em função disso, é difícil estimar como a empresa reagirá ao caso, pois os acusadores exigem uma indenização pelo atraso no cumprimento dessas leis trabalhistas.

[Via: InformationWeek.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Apple propõe nova tecnologia para detectar danos abusivos em seus produtos

Próximo Artigo

Volante para iPhones/iPods touch promete conforto nos momentos de diversão

Posts Relacionados