O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Em documento oficial, Microsoft diz ter medo do Linux e cita a Apple como concorrente no segmento de SOs

BSOD no LeopardTaí algo raro de acontecer: a Microsoft deu entrada esta semana no seu documento 10-Q enviado à SEC (U.S. Securities and Exchange Commission) e, entre outras coisas, admitiu que enxerga o Linux — representado por duas de suas maiores distribuidoras, a Red Hat e a Canonical (do Ubuntu) — como concorrente do Windows. Esta mudança de posição provavelmente ocorre com base na perda constante de market share no segmento de sistemas operacionais.

Publicidade

“O Client enfrenta concorrência forte de companhias bem-estabelecidas com estratégias diferentes no mercado de PCs”, afirmou a gigante de Redmond. “Produtos comerciais de software concorrentes, incluindo variantes do Unix, são fornecidos por competidores como Apple, Canonical e Red Hat.” Sim, é claro que não podemos esquecer que o Mac OS X também é baseado em Unix.

A maior preocupação da Microsoft quanto ao Linux — claramente expressa no documento — é a sua conquista avassaladora no mercado de netbooks, visto que ele é muitas vezes escolhido por OEMs para reduzir os custos na venda de máquinas mais compactas e direcionadas a mercados entry-level.

A Apple também é citada no documento como concorrente (Safari) no mercado de navegadores contra o Internet Explorer, junto de Google (Chrome), Mozilla (Firefox) e Opera; entre suítes de produtividade (iWork) contra o Office, junto de Adobe, Corel, Google, IBM, Novell, Oracle, Red Hat e Zoho; no meio de sistemas operacionais móveis (iPhone OS) contra o Windows Mobile, junto de Google, Nokia, Openwave Systems, Palm, QUALCOMM, Research In Motion e Symbian; e, é claro, entre PMPs (tocadores de mídias portáteis; iPod) contra o Zune.

[Dica do Alexandre Gorges, valeu!]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Apple rejeitando todos os apps de eBooks?

Próximo Artigo
Genius Bar

Apple mantém liderança na qualidade de suporte técnico em 2009

Posts Relacionados