O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Cirurgião de Steve Jobs mais uma vez diz que o CEO da Apple não foi tratado diferentemente

Dr. James EasonQuase dois meses depois de sua entrevista única à CNBC, o Dr. James Eason, que liderou a equipe que realizou um transplante de fígado em Steve Jobs há alguns meses no Methodist University Hospital, falou hoje pela segunda vez, agora à Boomberg.

Publicidade

“Jobs é uma pessoa muito especial”, disse Eason. “Ele é de fato uma pessoa genuinamente legal.” O doutor já fez transplantes de cerca de dez pessoas com cânceres extremamente raros — chamados tumores neuroendócrinos —, incluindo o CEO da Apple, mas não confirmou que o procedimento realizado em Jobs tem a ver com o câncer que ele enfrentou em 2004.

Eason mais uma vez negou que Jobs tenha se beneficiado ou passado na frente de outros na fila de espera por ter ido a Memphis (no Tennessee, EUA) para realizar o seu tratamento: “Isso não é enganar o sistema. É um direito que as pessoas têm de escolher onde serão tratadas. Alguns sairiam do Tennessee para ir à Califórnia ou algum outro lugar para obter ajuda. Hoje em dia, temos pessoas vindo da Califórnia para o Tennessee.”

No geral, 91% dos pacientes de Eason continuam com fígados saudáveis um ano após a cirurgia, comparado com uma média nacional de 87% nos Estados Unidos. Depois de cinco anos, cerca de 70% ainda possuem órgãos saudáveis.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Novo comercial do Palm Pre nem precisa de carimbo: "Nós chupamos a Apple!"

Próximo Artigo
Ícone do Gruml

Gruml é um software de acesso ao Google Reader para o Mac OS X

Posts Relacionados