O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Google implementa atalhos de cliques sobre vídeos do YouTube

O Google implementou recentemente algumas mudanças na interface do player do YouTube que com certeza facilitarão a vida de usuários. A primeira delas, mais simples, é que clicar no logo do portal no canto inferior direito de vídeos incorporados a outros sites agora leva a pessoa à página do vídeo no YouTube.com, sem necessitar que a sua reprodução sequer seja iniciada.

Publicidade

Mas e se o vídeo já estiver em reprodução? 😉 Bom, coloquei um abaixo para que você possa testar. Espere ele começar a rolar e, depois de alguns segundos, clique sobre a imagem. Uma nova janela/aba do browser será aberta e não só o levará ao vídeo no YouTube.com, como pausará o que está sendo reproduzido aqui no MacMagazine e fará com que ele continue no YouTube de onde parou. É, o Google oficializou o uso deste parâmetro de tempo, descoberto no ano passado.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=KZPinRKddsE[/youtube]

Clicando com o botão direito do mouse (ou com Ctrl) sobre vídeos incorporados a outros sites, o Google também adicionou duas opções a um menu contextual do Flash: “Watch on YouTube” (que funciona como clicar na marca d’água dele) e “Copy embed html”, que já manda pra área de transferência todo o código HTML de incorporação do vídeo a sites.

Menu contextual no YouTube

E não é só isso. Agora no YouTube.com, se você clicar na imagem o vídeo será parado, e se clicar de novo a reprodução continuará. Observe que o Google implementou até mesmo uma rápida animação que indica os estados de play & pause. Eles também podem ser vistos se você usar a barra de espaços do seu teclado para controlar o playback:

Pause de vídeos do YouTube

E uma dica final: se você der um duplo-clique assistindo a vídeos no YouTube.com, eles serão abertos em tela cheia. 🙂 Legal, né?

[Via: Google Operating System.]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Operadora parceira da Apple na Finlândia desbloqueia iPhones legal e oficialmente

Próximo Artigo

Piper Jaffray estima cinco milhões de cópias do Snow Leopard vendidas no seu lançamento

Posts Relacionados