O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

China Unicom perto de anunciar acordo com a Apple para venda do iPhone na China; agora vai?

iPhone 3GS deitado, de lado

Segundo nos informa a Reuters, a China Unicom deverá anunciar amanhã o acordo com a Apple para comercializar o iPhone na China. O país possui o maior mercado de telefonia móvel do mundo — com cerca de 700 milhões de clientes —, e fazer sucesso entre os chineses poderá aumentar significativamente a presença da Apple no segmento.

Publicidade

iPhone 3GS deitado, de lado

Cerca de dois terços do mercado pertencem à China Mobile; o resto está nas mãos da Unicom e da China Telecom — segunda e terceira, respectivamente, em número de assinantes —, mas analistas acreditam que mudanças devem acontecer em breve nesse quadro, com a chegada do aparelho.

O principal motivo para basear essas expectativas é o fato de que, no momento, somente a Unicom detém em sua rede 3G a tecnologia WCDMA, que é utilizada pelo iPhone. Apesar do investimento de US$58,5 bilhões que deverá acontecer até 2011 e que trará o suporte a serviços móveis mais sofisticados, essa resposta poderá não ser o suficiente para manter clientes e evitar a migração entres elas.

Publicidade

Esse acordo levou mais tempo que o esperado para acontecer, em parte por culpa da China Unicom, que queria, em contrapartida, que a Apple mudasse o modelo de compartilhamento dos lucros adotado na App Store. A operadora acredita que o mercado chinês representará uma parcela muito grande na venda de aplicativos, e não queria ficar de fora dessa oportunidade.

Analistas acreditam que a Apple precisará enfrentar alguns obstáculos para obter o sucesso nesta empreitada. Vide o que aconteceu com o mercado russo, que atualmente é um problema sem solução imediata. Será necessário convencer os clientes, já acostumados com cópias não-oficiais dos produtos da empresa, de que o dispositivo original e a experiência premium valem o investimento extra.

Publicidade

Embora a marca Apple não tenha o mesmo apelo na China que possui nos Estados Unidos, algumas pesquisas mostram que as vendas no continente asiático estão cada vez maiores. Portanto, o certo é não pensar que a turma de Cupertino não sabe o que está fazendo; muito pelo contrário, talvez este seja um dos seus mais acertados movimentos.

A data exata do lançamento ainda não foi definida, mas deverá acontecer em outubro. Infelizmente, os primeiros modelos chegarão sem Wi-Fi habilitado, mas já especula-se também acerca da produção de uma segunda versão do iPhone para o mercado chinês com Wi-Fi.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Altec Lansing lança boombox super potente para iPods/iPhones

Próximo Artigo

Mimo lança monitor touchscreen USB portátil de 7 polegadas

Posts Relacionados