O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

ARM lança novas implementações da arquitetura Cortex-A9 e oferece chips com baixo consumo e alto poder de processamento

A ARM anunciou esta manhã o desenvolvimento de processadores dual-core, quad-core e octo-core através da implementação da arquitetura Cortex-A9. O novo design permite que chips dual-core entreguem velocidades superiores a 2GHz com baixo consumo de energia, com uma performance que os transforma em uma alternativa à tecnologia x86 disponível no mercado.

Publicidade

Mockup de Apple Tablet

A conquista é muito importante para o mercado de smartphones, netbooks e dispositivos portáteis para acesso à internet. Para se ter uma ideia do avanço obtido, considere que o iPhone 3GS utiliza um processador fabricado pela Samsung com a arquitetura Cortex-A8 e é limitado a 600MHz. Como a Apple provavelmente fará uso de um chip similar para a sua tablet, a implementação que foi apresentada hoje poderá equipar o novo produto.

A ARM prefere licenciar a tecnologia a outros fabricantes em vez de comercializar os próprios chips, e já deu início ao processo esta manhã. Com esse posicionamento, a empresa permite que a indústria entregue processadores personalizados para cada cliente. As companhias que já contataram a ARM disseram que as primeiras unidades deverão chegar ao mercado no final do ano.

Publicidade

A implementação apresentada hoje permite uma eficiência até oito vezes superior à tecnologia da Intel voltada para o baixo consumo e ainda entrega uma performance cinco vezes mais rápida do que a proporcionada pela família de processadores Atom.

Felizmente, com o Cortex-A9 será possível utilizar softwares como o Adobe Flash, AIR, Firefox e outros similares, que não eram suportados na geração anterior. Curiosamente, a nova geração não é compatível com o Microsoft Windows 7.

Se a Apple utilizará as novas licenças em um projeto que combine e agregue o expertise da PA Semi, isso ainda é incerto. Entretanto, os novos processadores poderiam, em termos de consumo eficiente e performance, entregar facilmente o tipo de experiência que a empresa procura oferecer em seus gadgets.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Usuário leiloa iMac G3 transformado em gaiola para hamsters no eBay

Próximo Artigo

Apple não comercializa Apple TV oficialmente no Brasil

Posts Relacionados