O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Microsoft vs. Apple: nenhuma tablet veio ao mercado, mas a inovação tecnológica entre elas está acirradíssima

Apple e Microsoft supostamente estão trabalhando em tablets, mas o máximo que chegamos a ver delas foram apenas rumores e conceitos. Por debaixo dos panos, porém, patentes mostram que ambas querem se destacar no setor de alguma maneira com os seus respectivos lançamentos, explorando novas possibilidades com os meios mais naturais de se controlar um computador: as mãos.

Publicidade

Patentes de interfaces virtuais via toque - Apple e Microsoft

Tome como exemplo a última proposta de invenção da Apple, descoberta hoje pelo AppleInsider: nela, é descrita uma tecnologia capaz de reconhecer sobre uma tela multi-touch todos os dez dedos nas duas mãos de uma pessoa, distinguindo diferentes comandos, reconhecendo quando uma mão (ou dedo) é apoiada e removida da superfície, identificando gestos com um ou dois dedos, e muito mais.

Patentes de interfaces virtuais via toque - Apple e Microsoft

Adaptando-se a diferentes tamanhos de mão sem nenhuma pré-configuração, uma tablet com essa tecnologia dispensaria qualquer necessidade de canetas e mouses, além de não requerer força para digitação. Ah, e falando em digitação, a patente também cobre diversos aspectos sobre como uma interface de usuário baseada nesse modelo seria capaz de distinguir as teclas que o usuário pretende “pressionar” na superfície, com todas as possibilidades de comportamento possíveis.

Publicidade

Já a Microsoft não cobriu a sua implementação com tantos detalhes, mas ela também vem fazendo pesquisas em algumas possibilidades interessantes (e únicas) para interfaces de usuário baseadas em telas. Há quase uma semana o Gizmodo citou uma dessas descobertas, que mostra como o software por trás de uma tablet pode alinhar o teclado adequadamente e ergonomicamente à posição das mãos do usuário sobre uma tela:

Patentes de interfaces virtuais via toque - Apple e Microsoft

Esse tipo de implementação soluciona um dos grandes problemas com os teclados virtuais, que é o fato de nós precisarmos visualizar a tela para digitar corretamente — mesmo sem ter feito curso de datilografia ou algo assim, eu consigo digitar olhando apenas para a tela do meu computador, com um teclado físico. Identificando corretamente as mãos do usuário sobre uma tela e adaptando o teclado virtual corretamente para elas, esse tipo de interação também seria possível.

Se esses conceitos se converterem em produtos a curto prazo, sem dúvida eles mudarão bastante a forma como vemos a computação pessoal. Talvez essas interfaces virtuais que funcionam pelo toque cheguem para as massas muito mais rápido, não é mesmo?

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Hackers conseguem fazer jailbreak do iPhone 3GS com o firmware 3.1

Próximo Artigo

All Power Pro mostra nível de bateria do iPhone de forma bastante diferenciada

Posts Relacionados