O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple deixa a Câmara de Comércio dos Estados Unidos

A Apple uniu-se hoje a um grupo pesado de empresas — incluindo Nike, Pacific Gas & Electric, PNM Resources e Exelon — que não fazem mais parte da Câmara de Comércio dos Estados Unidos (equivalente à AMCHAM, no Brasil), que representa hoje em dia cerca de três milhões de negócios. Trata-se da maior federação comercial sem fins lucrativos do mundo.

Publicidade

A decisão de retirada, que entrou em vigor imediatamente, tem relação com o fato de a organização estar se opondo às políticas ambientais propostas pelo presidente dos EUA, Barack Obama.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=mpWjx_V_iT0[/youtube]

“Nós desaprovamos profundamente os comentários recentes da Câmara opondo-se aos esforços da EPA para limitar a emissão de gases do efeito estufa”, disse Catherine A. Novelli — vice-presidente de relações governamentais da Apple — a Thomas J. Donohue — CEO da Câmara de Comércio. “A Apple apoia a regulamentação de emissões de gases do efeito estufa, e é frustrante ver a Câmara contra nós nessa iniciativa.”

Nas últimas semanas, a Apple colocou no ar uma nova página em seu site totalmente dedicada a explicar e detalhar mais profundamente seus esforços e avanços em prol do meio ambiente. No último ranking da Greenpeace, a empresa já ganhou alguns pontos e subiu duas posições, mas a tendência é que no seguinte, daqui a três meses, os resultados sejam ainda mais positivos.

[via Think Progress]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Usuários do Mac OS X 10.6 Snow Leopard enfrentam problemas com fontes antigas em aplicativos

Próximo Artigo
Ícone - Instalar Snow Leopard

Apple libera primeiro build de testes do Mac OS X 10.6.2 para desenvolvedores

Posts Relacionados