O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Mais novidades para o iPhone ligadas ao Flash Player ainda podem estar por vir

Flash no iPhoneTalvez o suporte à criação de aplicativos nativos para iPhone usando Flash não seja a única ação da Adobe na plataforma móvel da Apple, ao menos enquanto o hardware do aparelho ainda puder evoluir nas suas futuras versões. A ARM, empresa que trabalha pesado em arquiteturas de processador para dispositivos móveis (dentre eles, o celular da Maçã), também está envolvida no Open Screen Project, e suas pesquisas em aprimorar os seus produtos para Flash poderão esbarrar nos planos futuros da Apple para seus gadgets, conforme relata o 9 to 5 Mac.

Publicidade

As implementações da arquitetura Cortex-A e similares (que foram alvo de lançamentos recentemente) são as indicadas para rodar conteúdo em Flash através de aceleração de hardware. Como a Apple poderá trabalhar com esses chips no futuro (desde gadgets menores até tablets), existe a probabilidade de as futuras gerações do iPhone e do iPod touch ganharem componentes com essas capacidades, o que tornaria possível a execução de conteúdo criado com as tecnologias da Adobe sem precisar estar em um aplicativo nativo.

Existe a probabilidade de o Flash Player 10.1 — revelado em versão beta para vários outros smartphones ontem — não precisar estar sob a forma um plugin dentro do Mobile Safari no futuro, a fim de rodar conteúdo nesse formato proveniente da web. Como o hardware do aparelho poderá interpretá-lo, será possível (com a devida autorização da Apple) buscar alternativas para contar com o seu navegador para visualização de elementos em Flash, sem plugins ou interpretadores.

Publicidade

Sinceramente, eu não confio muito nessa ideia. Eu vi a iniciativa da Adobe em lançar suporte às suas ferramentas desktop para a criação de aplicativos para iPhone como uma alternativa ao Flash Player, de forma que a Apple não deverá permitir nada além disso.

Imagine só: se ela estivesse querendo levar Flash para o iPhone, por que não contribuiria com a Adobe para melhorar o uso do ambiente de desenvolvimento dela na criação dos aplicativos que vimos ontem? Um binário criado nele não suporta controles nativos do iPhone OS e não roda no iPhone Simulator dos Macs (por já estar compilado num formato que apenas o aparelho entende). Apenas esses dois fatores já bastam para eu concluir que a Adobe está sozinha nesse projeto, e você?

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
MacBooks Pro "verdes"

Após deixar a Câmara de Comércio norte-americana, Apple é reconhecida por preocupação com o meio ambiente

Próximo Artigo

Depois de grande vitória contra a Microsoft, Eolas processa mais 23 empresas, incluindo a Apple

Posts Relacionados