O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

AppleInsider traz mais detalhes sobre o Project Pink, da Microsoft, e o porquê de ele estar em colapso

Há alguns dias, noticiamos que o tal do Project Pink, da Microsoft, poderia nunca ver a luz do dia. Com base no que havia sido divulgado e em uma série de outras fontes relacionadas à questão, o AppleInsider publicou nesta sexta-feira mais um artigo quilométrico e super detalhado contando toda a história da coisa e o porquê de ela estar entrando em colapso.

Publicidade

Celular Microsoft Turtle

Nos bastidores da gigante de Redmond, a coisa é bastante feia e envolve até mesmo as equipes que trabalham nos handsets Danger/Sidekick (que desde ontem estão envolvidos com a T-Mobile em uma história nada legal de perda de dados), no sistema operacional Windows Mobile e até no Zune, visto que o Project Pink também seria conhecido internamente como “Zune Phone”. Um dos fatos curiosos citados na reportagem, por exemplo, é que o fundador da Danger também foi um dos responsáveis por iniciar um projetinho chamado Android, já ouviu falar? 😉

Diante da sua opção de isolar o time da Danger, a Microsoft está sofrendo com uma série de dificuldades e erros que poderiam ser evitados pela experiência de outros no desenvolvimento dos handsets Sidekick. Um exemplo básico é a ideia de adotar ambos os protocolos DCMA/EVDO e UMTS/HSPA no Pure e no Turtle, o que forçaria ambos os modelos a terem duas antenas e chipsets diferentes.

Publicidade

Mais: a Sharp teria sido convidada a fabricar modelos com base em conceitos, sem falar que uma outra empresa terceirizada teria sido convidada a trabalhar na interface dos produtos, ou seja, várias partes fundamentais do projeto estariam completamente segregadas. Isso tudo contribuiu para um atraso de pelo menos dois anos em todo o Project Pink.

Pelas próprias fotos de ambos os celulares divulgadas pelo Gizmodo, já dá pra termos uma ideia de como as coisas estão por lá. A questão é: tá muito na cara que elas não “vazaram” por acaso, mas por que a Microsoft tornaria isso público em meio a tais circunstâncias? Alguém palpita?

O fato que permanece hoje é: a Microsoft e o Windows Mobile não têm força para brigar com as ofertas de Apple, Research In Motion (RIM), Google e até mesmo Nokia (Symbian OS). A avalanche de péssimos reviews do WinMo 6.5 não deixa dúvidas: 1, 2, 3, 4 e 5, só pra citar alguns. É, às vezes crescer demais pode não ser tão benéfico assim…

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Caixa do Mac OS X 10.6 Snow Leopard

A Apple é tão boazinha que até surpreende: DVD de upgrade Snow Leopard permite instalação do zero

Próximo Artigo

Um site para "prestar condolências" ao seu Time Capsule defeituoso e a milhares de outros

Posts Relacionados