Novos iMacs e Magic Mouse são meio “chatinhos” com o Windows rodando via Boot Camp

No meio de todos os grandes benefícios dos novos iMacs e do Magic Mouse, também existem os famosos poréns, que nesse caso afetam apenas os usuários de Windows pelo Boot Camp. Mais precisamente, há três artigos de suporte no site da Apple cobrindo problemas que podem ser encontrados ao rodar qualquer versão do Windows compatível com o utilitário da Maçã destinado a isso.

Publicidade

iMac

O primeiro deles (TS3037) alerta para o fato de que o Bluetooth 2.1+EDR das novas máquinas é incompatível com qualquer versão do Windows para dispositivos genéricos. Só funcionarão sem fios através dessa tecnologia o teclado e o Magic Mouse da própria Apple, ligados aos novos iMacs como dispositivos USB virtuais no sistema da Microsoft.

Já o segundo (TS3038) alerta para o fato de que algumas combinações de teclas do novo teclado Bluetooth da Apple não funcionam com o Windows rodando via Boot Camp. As combinações são:

Publicidade
  • Controles de brilho;
  • Controles de volume;
  • Tecla Eject (para ejetar CDs e DVDs do SuperDrive);
  • Atalho Control + Alt + Delete (Gerenciador de Tarefas no Windows).

Por fim, o terceiro artigo (TS3039) alerta para o fato de que os gestos especiais do Magic Mouse não funcionarão. Ou seja, se você precisar usar o Windows, apenas conseguirá usar o novo mouse da Apple para clicar com os botões direito e esquerdo.

Ainda não foi confirmado se o problema existe em aplicativos de virtualização, mas é provável que as coisas (não) funcionem da mesma forma — ao menos não enquanto VMwares e Parallels da vida não soltarem updates para seus softwares.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…