O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

GeoHot nega oferta de US$10 mil pelo desbloqueio da última baseband do iPhone

George Hotz (GeoHot)Ok, antes de mais nada, eu sei que US$10 mil não é nenhum absurdo — que dirá para GeoHot, que ganha hoje algumas muitas vezes mais que isso prestando consultoria para o Google. Mesmo assim, é um trocado que alguém mal intencionado não descartaria ganhar, ainda mais sendo para algo que já está pronto e que, em situações normais, seria liberado gratuitamente.

Publicidade

Em um post pessoal publicado hoje em seu blog, George Hotz criticou Jody Sanders, que lhe ofereceu tal quantia pelo desbloqueio da última baseband do iPhone, a 05.11.07. Conforme noticiamos ontem no MacMagazine, o feito já foi conquistado pelo hacker, que liberará uma ferramenta de unlock chamada blacksn0w nesta quarta-feira, dia 4 de novembro.

No texto, GeoHot promove a união de forças entre a comunidade que trabalha seriamente em soluções de jailbreak e unlock do iPhone, citando o iPhone Dev Team, o iH8sn0w e o Chronic Dev Team como grupos crédulos. Uma semelhança forte entre todos eles? Suas ferramentas são sempre liberadas gratuitamente para a comunidade.

Aproveitando a oportunidade, GeoHot soltou ainda uma informação bacana sobre a blacksn0w: ela suportará hacktivation, isto é, iPhones poderão ser desbloqueados mesmo sem um chip da AT&T para ativação do aparelho pelo iTunes antes da realização do processo.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Mac ganha market share mesmo com a chegada do Windows 7, diz Net Applications

Próximo Artigo

Joy of Tech: mímica de merchandising da Microsoft

Posts Relacionados