O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Psystar insiste que juiz a reconheça como legal

Logo da PsystarA Psystar causou dois grandes rebuliços na mídia nas últimas semanas (1, 2), mas, enquanto ela e a Apple não conseguem antecipar a definição de sua disputa judicial, o processo na Flórida continua nas mãos do juiz William Hoeveler.

Publicidade

No final da semana passada, a fabricante de clones de Macs solicitou ao juiz, mais uma vez, que considere legal a sua atuação mercadológica. Segundo ela, seu negócio tem sido extremamente prejudicado nos últimos tempos pela aura de insegurança que paira sobre a empresa, diante da briga que decidiu comprar contra a Apple.

Resumidamente, a Psystar quer que o juiz impeça a Apple de apregoar que é ilegal comprar cópias do Mac OS X 10.6 Snow Leopard para usá-las em PCs genéricos. Por enquanto, a determinação judicial perante a disputa é que um julgamento do caso não será realizado antes do dia 11 de janeiro de 2010.

[via Computerworld]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Bug do Mobile Safari pode consumir pacote de dados mesmo não estando aberto no iPhone

Próximo Artigo

Meses após o iPhone começar a ser vendido na França por várias operadoras, Apple e Orange encerram acordo de exclusividade (?)

Posts Relacionados