Apple envolvida em dois processos bastante curiosos, citando Sarah Jessica Parker e Lil’ Wayne

Dois novos processos contra a Apple surgiram esta semana, mas desta vez foram dois bastante curiosos.

Publicidade

Sarah Jessica Parker e PowerBook G3 PismoO primeiro foi aberto por um artista que alega ter inventado os nomes “iPod” e “iPhone” no final dos anos 1980. Segundo Franz A. Wakefield, Apple e Sarah Jessica Parker (sim, aquela atriz, famosa por Sex and the City) roubaram seus segredos, que incluiriam toda a linha de iPods que conhecemos hoje e até o modelo de venda de músicas por US$1 da iTunes Store. Wakefield solicitou ao FBI que cuidasse de sua segurança (!).

O outro processo foi iniciado por um homem da Flórida e, além da Apple, cita os rappers Dwayne Carter (aka Lil’ Wayne) e Brian Williams (aka Birdman). Ele acusa todos de terem usado sua voz em gravações sem sua permissão. Também são incluídos no processo Universal Records, Cash Money Records, Universal Motown Republic Group, Universal Music Distribution Services, Real Networks, Yahoo e Does 1-10.

E eu achando que aquela alegação de que a Apple tem ligações com a máfia italiana era a coisa mais absurda que veríamos em 2009…

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários