O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Google deverá lançar uma nova versão do seu mecanismo de buscas em breve

Há alguns meses, o Google iniciou testes abertos com uma nova tecnologia destinada a uma versão futura do seu mecanismo de indexação e realização de buscas na internet, prometendo entregar para os usuários mais velocidade e precisão em resultados. O projeto, conhecido pelo público geral como Caffeine, não atraiu muita atenção no início (apenas a de profissionais da web, como webmasters), mas aparenta estar sendo preparado para lançamento em breve.

Publicidade
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=NU5cKDryjy0[/youtube]

Uma previsão de desenvolvimento do novo sistema, que foi colocada no ar pelo Google em uma sandbox, foi tirada do ar recentemente e o seu endereço antigo está sendo redirecionado para esta página, que traz uma mensagem sobre o futuro do projeto. De acordo com ela, o Caffeine está pronto para uso e começará a funcionar em um dos data centers da empresa em breve.

Como o novo mecanismo de buscas já está sendo preparado para uso em data centers, espera-se que não demorará muito tempo até que possamos conferir alguns resultados gerados por meio dele. Atualizar toda a infraestrutura será um trabalho longo e, nesse tempo, o Caffeine deverá continuar como um projeto em andamento, ou seja, a sua arquitetura continuará sendo aprimorada, desprezando o processo de implantação em outros servidores.

Publicidade

É importante notar, ainda, que nada na interface do Google mudará com a atualização para o Caffeine: as alterações serão exclusivamente internas. Quem já o testou conta que as melhorias realmente tornam os resultados mais velozes, mas o mecanismo de busca em si é adaptado para trazer mais informações “em tempo real” para os usuários.

Até o momento, o Google não quis dar detalhes sobre quando a nova tecnologia começará a ser integrada. De fato, além do artigo publicado pela própria empresa e dos comentários de um dos seus engenheiros (que podem ser conferidos no vídeo acima), não se sabe muita coisa sobre o que ela é realmente capaz de fazer.

[via Mashable]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Orange vende 30 mil iPhones 3GS na sua chegada ao Reino Unido

Próximo Artigo
iPhones caindo de lado

Apple supera Nokia e se torna fabricante de celulares mais lucrativa do mundo

Posts Relacionados