Apple investiga meios de aprimorar reconhecimento de escrita em touchscreens

Ícone do InkwellEm uma nova patente da Apple revelada hoje nos Estados Unidos, é descrito um novo sistema de reconhecimento de escrita, capaz de compreender informações mais complexas provenientes de escrita à mão. Enquanto os produtos atuais da empresa baseiam-se em entrada de comandos através dos dedos, os métodos explorados por ela nesse novo invento destinam-se a aparelhos que dependem de acessórios apontadores, como canetas e/ou stylus.

Publicidade

Até sistemas já produzidos pela Apple na tentativa de aprimorar essa tarefa são descritos como inadequados — a exemplo do Newton, que foi comercializado por ela na década de 1990. De acordo com a patente, falhas dessas tecnologias no reconhecimento de escrita são capazes de afetar não apenas usuários, mas também desenvolvedores de aplicativos, dando a impressão de que uma novidade dela nessa área atenderia melhor aos dois casos.

O novo invento da Apple nessa área não apenas aprimora significativamente a escrita, como também introduz novos recursos para interação entre programas no hardware e o acessório apontador. Usuários serão capazes de inserir dados naturalmente (sem a necessidade de adaptar-se a nenhum formato de caligrafia específico), obtendo melhores resultados do que seriam vistos em outros métodos já existentes (ou até com dedos).

Publicidade

Junto do documento com todos os detalhes, a Apple incluiu uma ilustração de uma tablet na patente:

Tablet da Apple?

O visual dela lembra bastante os modelos que vimos em rumores anteriores, que podem até ser lançados no mercado em breve. No entanto, novidades do tipo também podem servir para aprimorar funções de software nos sistemas operacionais da Apple, especialmente o Mac OS X — onde a tecnologia Ink é amplamente utilizada em acessórios de terceiros.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…