O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

NET Vírtua ultrapassa Speedy pela primeira vez; Anatel aprova compra da GVT pela Telefônica [atualizado]

Logos do Speedy, GVT e NET VírtuaPela primeira vez na história, o serviço de conexão banda larga da NET, maior operadora de TV por assinatura do Brasil, superou em número de clientes o da sua concorrente Telefônica.

Publicidade

O Vírtua fechou o terceiro trimestre de 2009 com 2,79 milhões de clientes, 7% a mais que no Q2 ’09 e 36% a mais que o mesmo período de 2008. Enquanto isso, o Speedy contabilizou 2,58 milhões de assinantes, 5,5% a menos que junho, porém ainda 5% a mais que um ano atrás.

Os números refletem o péssimo ano enfrentado pela Telefônica, há meses proporcionando dificuldades para seus clientes. Em meados de junho, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) obrigou a operadora a suspender a comercialização do serviço, e não muito tempo depois este sofreu mais uma pane séria, obrigando a Telefônica a anunciar uma série de reestruturações para ele.

Publicidade

Em paralelo a isso tudo, a Telefônica briga com a Vivendi pela aquisição da GVT — más notícias para nós, feliz clientes desta. Ontem, mesmo impondo algumas restrições, a Anatel aprovou a compra. O negócio, que poderá chegar a R$7 bilhões, será leiloado no próximo dia 19.

[dica do marcio negrini]

Atualização

Boas novas! 😀 O Valor Online acaba de informar que a Vivendi fechou a compra de 50% do capital da GVT em negociação privada, por R$56,00/ação. O negócio totaliza cerca de R$3,5 bilhões.

Publicidade

A negociação ocorreu de forma privada, com os acionistas fundadores — detentores de 30% das ações — e outros dispersos no mercado. Esse era o motivo de tamanho silêncio do grupo francês, desde que a Telefônica elevou sua própria oferta pelos papéis no mercado de R$48,00 para R$50,50.

[…]

A Vivendi tinha a liberdade de realizar a negociação privada com os investidores, uma vez que ainda não havia lançado oficialmente uma oferta pública de compra dos papéis, como fez a Telefônica. O grupo francês havia apenas manifestado sua intenção de comprar a companhia.

O preço pago pela Vivendi representa um prêmio de aproximadamente 6,5% sobre a cotação da GVT na bolsa de valores.

[dica do Emmanuel]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Wondershare lança iPhone Ringtone Maker para Mac

Próximo Artigo

Bill Gates elogia Steve Jobs pelo seu trabalho na recuperação da Apple

Posts Relacionados