O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Último relatório da AdMob analisa distribuição de sistemas operacionais móveis por aparelho

Quando a AdMob foi adquirida pelo Google, fiquei com medo que seus relatórios mensais sobre o mercado de smartphones deixassem de ser publicados. Hoje, porém, ela liberou mais um, referente ao mês de outubro — e espero que continuem assim. 🙂

Publicidade

AdMob - Outubro de 2009

Desta vez, o iPhone foi chutado de escanteio na pesquisa, que se focou principalmente na distribuição de sistemas operacionais por aparelho. Apple, Palm e Research In Motion foram descartadas, pois seus SOs só rodam em seus próprios aparelhos. A análise ficou por conta principalmente do Google Android, do Microsoft Windows Mobile e do Symbian OS, portanto.

Dentre todos os sistemas, o Android é o que se destaca hoje em crescimento. De abril pra cá, seu market share mundial subiu de 3% para 11%, estimulado até mesmo pelo Motorola DROID, que em poucas semanas de lançamento já representa 24% de todas as requisições de anúncios vindas de dispositivos com Android. Do outro lado, o Symbian OS é o maior perdedor, caindo de 36% para 25% no mesmo período.

AdMob - Outubro de 2009

O iPhone continua crescendo na rede AdMob, porém de forma mais modesta que o Android. De abril para outubro, sua representatividade subiu de 43% para 50%. Os ganhos da Apple podem estar impactando diretamente as perdas da RIM, que registrou uma redução de 9% para 7% em sua fatia de mercado no mesmo período. O WinMo está cada vez mais insignificante, caindo de 5% para 3%. Já o webOS, da Palm, está agora com um share de 2%.

O relatório completo da AdMob pode ser baixado em formato PDF aqui (213KB). No mês passado, a firma fez uma análise da evolução dos smartphones, de 2007 até os dias de hoje.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Surge novo worm para iPhone — desta vez, realmente malicioso [atualizado 2x]

Próximo Artigo

Apple Retail Store da Regent Street é a loja mais lucrativa de Londres

Posts Relacionados