O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

E não é que a pressão da Mozilla funcionou sobre a tela de escolha dos browsers no Windows 7 europeu?

A pressão da Mozilla sobre a Comissão Europeia para as polêmicas mudanças da tela de escolha de browsers do Windows não apenas funcionou, mas também ganhou o apoio direto do Google e da Opera. Juntas, as três empresas reclamaram do fato de o Safari ser o primeiro browser em uma lista criada pela Microsoft, para que os primeiros donos de novos PCs com Windows escolham o seu software para navegação na internet logo no início do uso.

Publicidade

Ballot Screen do Windows 7

De acordo com uma pessoa ligada aos planos da Comissão Europeia sobre o assunto, a Microsoft fará duas mudanças grandes nessa tela de escolha (conhecida Ballot Screen, ou simplesmente “tela de votação”). Primeiro, todos os itens dela serão ordenados de forma randômica, mudando entre usuários e também quando a página for recarregada, por exemplo.

Já a segunda mudança ainda não está muito bem definida, mas eu acredito que consistirá em remover toda a interface do Windows Internet Explorer (que é o browser usado para mostrar a Ballot Screen) da visualização do usuário, para evitar qualquer familiarização inicial. Alternativamente, apenas o nome do aplicativo e seu respectivo ícone serão removidos, mas isso ainda não foi confirmado.

Publicidade

Anteriormente, a ideia era de que a tela de escolha de browsers do Windows 7 fosse como na screenshot acima, dispondo os browsers em ordem alfabética, por fabricante. Tal ordem foi considerada injusta, pois a posição do Safari seria a mais fácil para ser escolhida por qualquer pessoa — embora eu ache que o mais favorecido seria o próprio Internet Explorer, no centro.

Todos os navegadores que concorrem com o IE no Windows são bons produtos, mas o Safari é injustiçado pelo seu market share pequeno no sistema da Microsoft (0,26%) e pelo fato de a Apple supostamente não se empenhar em torná-lo melhor nessa plataforma. De fato, ele não suporta os plugins do WebKit da mesma forma que a versão para Mac, porém eu, como usuário que conheceu o Safari buscando uma boa experiência de navegação e visualização de texto no Windows, dou a ele o mesmo valor de produto de qualidade existente no Chrome, no Opera e no Firefox — apesar de cada um possuir suas respectivas diferenças.

De qualquer forma, o caso dos browsers envolvendo o navegador e o sistema da Microsoft, iniciado em fevereiro, finalmente dá sinais de estar no fim. A Microsoft provavelmente aprovará a interface final da Ballot Screen nos próximos dias, que deverá ser avaliada pela Comissão Europeia e autorizada para incorporação em cópias do Windows 7 europeu depois das festas.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Rumor: Apple negocia seriamente a aquisição do portal musical Lala

Próximo Artigo

Apps atualizados: Flickr 1.1 e Kd o Carro? 2.0

Posts Relacionados