O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Burocracia é dose: que tal ter um iPhone roubado, encontrá-lo e não poder recuperá-lo?

iPhone roubado na BélgicaLição do dia: se roubarem seu iPhone, faça o boletim de ocorrência. “Ah, mas isso não vai dar em nada!”, você pode pensar — ou um agente da lei pode dizer. Foi exatamente o que aconteceu com uma mulher chamada Alisa, que teve seu aparelho roubado num metrô às vésperas do Natal e, quando foi tomar as providências legais para registrar o roubo, defrontou-se precisamente com essa linha de pensamento.

Publicidade

Desiludida, ela não registrou nada e deixou pra lá… até receber um email da Apple dizendo que o gadget dela, por ter apresentado um defeito coberto pelo AppleCare, seria substituído. Pelo fato de ela já ter consultado um Genius Bar, o serial do iPhone estava associado ao email dela: ô, alegria!… Ehr, não. Como Alisa não tinha nenhuma documentação para comprovar o roubo, nem Apple nem AT&T poderiam fazer qualquer coisa além de honrar a garantia e enviar o aparelho para quem deu entrada no reparo (provavelmente o ladrão).

Antes de tacar pedra, pense assim: e se ela tivesse vendido o iPhone com AppleCare e tudo pra alguém? O comprador ia ser preso! Novamente, fica a lição: foi vítima de um crime e teve um bem roubado? Dê entrada no boletim de ocorrência — e acione o Find My iPhone, se puder!

[via Consumerist]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Net Applications: Safari e iPhone crescem, Mac permanece estável

Próximo Artigo
Logo prata da Apple

Analista aposta em novo recorde de vendas de Macs: 3,3 milhões no Q4 '09

Posts Relacionados