Apple retira da App Store aplicativo que puxava imagens eróticas de galerias na web

A Apple acaba de entrar, mais uma vez, em um terreno muito perigoso: lançado na App Store na última sexta-feira (e aprovado em menos de 12 horas, diga-se), o aplicativo forChan passou despercebido até hoje, quando o site KRAPPS espalhou a notícia de que ele poderia ser usado para a visualização de imagens pornográficas em iPhones/iPods touch.

Publicidade

Resultado? A Apple decidiu retirá-lo da loja.

O problema, meus caros, é que o forChan nada mais era do que um visualizador de galerias de imagens para o iPhone OS. Após ser baixado e instalado da App Store, originalmente ele não vinha com mais do que algumas fotos de cachorros (nus, evidentemente).

Para acessar o conteúdo pornô (que nem era explícito, estamos falando de algumas imagens eróticas, com nudez feminina frontal), o usuário tinha que acessar um site, copiar uma URL da galeria e colá-la na interface do forChan, puxando assim as fotografias impróprias para menores.

Estou enganado ou qualquer um não pode fazer o mesmo com o Safari? #FAIL, Apple.

[via Wired.com]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…