O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Pesquisa da Retrevo afirma que consumidores não estão interessados pelo iPad

Eis algo bastante polêmico: a Retrevo liberou na última sexta-feira o resultado de um estudo acerca da chegada do iPad, afirmando que a grande maioria dos consumidores não se interessou pelo produto, e que seu lançamento também não teria sido bem-sucedido o suficiente para convencer os que achavam que precisariam de uma tablet da Apple.

Publicidade

Segundo eles, depois da keynote de Steve Jobs, na semana retrasada, a porcentagem de pessoas “definitivamente não-interessadas” pelo iPad subiu de 49% para 61%:

Preocupada com sua reputação/credibilidade futura, a Retrevo afirma que se o iPad virar realmente um sucesso será algo surpreendente, contrariando tudo o que ela apreendeu com suas pesquisas. E, na minha opinião, as chances de isso acontecer são muito grandes.

A pesquisa da Retrevo ignora todo o fato de que a Apple raramente cria/lança produtos com base no interesse direto e imediato dos consumidores. Steve Jobs é famoso por trazer ao mundo coisas das quais não necessariamente precisamos, mas que acabamos desejando.

Publicidade

Além disso, o estudo da Retrevo foi realizado logo após o anúncio do produto, que ainda demorará algumas semanas para chegar ao mercado. Estamos, portanto, naquela fase de “desapontamento pós-avalanche de rumores”, isto é, aos poucos os consumidores passarão a ver mais valor no produto, sem falar no que a Apple provavelmente ainda tem para anunciar em relação a ele.

Curiosamente, ainda assim a pesquisa traz outro dado interessante: depois do anúncio do iPad, a porcentagem de pessoas “definitivamente interessadas” em comprar a tablet pulou de 3% para 5% (não se engane: o crescimento é de 66%!) — e isso com informações ainda limitadas e sem basicamente quaisquer apps adaptados para o produto.

O burburinho do lançamento no dia 27 de janeiro também ajudou a aumentar bastante a parcela de pessoas que já teriam ouvido falar do iPad, de 48% para 80% dos participantes da pesquisa da Retrevo.

[via Appletell]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Grupo de engenheiros que acelerava chips PowerPC há 14 anos está trabalhando com arquitetura ARM

Próximo Artigo

Desenvolvedores de jogos já estão dando mais prioridade ao iPhone do que ao Wii, DS ou PSP

Posts Relacionados