O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Smartphones com Android são os principais alvos da Apple no processo contra a HTC

Logo prata da Apple

Na opinião de quem já conseguiu detalhes sobre o processo da Apple contra a HTC, talvez uma das maneiras de descrevê-lo seja como uma “caça às bruxas” contra o Android (então seria uma “caça aos androides”?). Praticamente todos os aparelhos lançados pela acusada durante os últimos 18 meses são citados pela fabricante do iPhone como infratores de patentes, a maioria deles com o sistema operacional do Google.

Publicidade

A lista compilada pelo AppleInsider inclui Nexus One, Touch Pro, Touch Diamond, Touch Pro2, Tilt II, Pure, Imagio, Dream, myTough 3G, Hero, HD2 e Droid Eris. Alguns deles até rodam Windows Mobile, mas as acusações concentram-se basicamente nos smartphones com Android, cujas infrações são detalhadas em uma categoria enorme na documentação com mais de 700 páginas reunida pela Apple e enviada para a justiça.

Embora 20 inventos tenham sido citados pela Apple no comunicado à imprensa que revelou o processo nesta manhã, até agora apenas conhecemos informações sobre 10 deles — o Engadget reuniu as páginas da documentação enviada até o momento para justiça dos Estados Unidos conforme elas foram publicadas online, mas muita coisa ainda falta ser divulgada. As patentes descobertas até o momento cobrem os recursos descritos a seguir:

  • Interpretação de objetos de interface de usuário entre estados, com base em tempo e sem constante;
  • Interface gráfica de usuário para determinação de comandos em dispositivos com touchscreen;
  • Técnica de desbloqueio de aparelho via gestos em uma imagem de desbloqueio;
  • Rolagem e interpretação em listas e/ou documentos, bem como gestos de redimensionamento e rotação em touchscreens;
  • Sistema e métodos para gerenciamento de condições de autonomia em uma câmera digital;
  • Sensibilidade e resposta automática à atividade do usuário em dispositivos portáteis;
  • Processadores de sinal para aprimorar a capacidade e qualidade de comunicações;
  • Conservação de energia por meio da redução de voltagem fornecida a uma região de um processador;
  • Sistema gráfico orientado a objetos;
  • Sistema de notificação de eventos com registro de métodos e interesses.

Apenas pela descrição de alguns dos inventos listados acima, fica claro que eles se referem muito mais a software do que hardware, mas talvez a Apple esteja fazendo referência a customizações realizadas apenas pela HTC sobre o Android e o Windows Mobile. É bom lembrar, porém, que elas estão sendo implementadas em aparelhos de outras marcas conforme updates mais recentes do Android estão sendo distribuídos, o que pode levar ao envolvimento de empresas como Google e Motorola no meio dessa briga, que já é suficiente para perdurar na justiça por um bom tempo só com o que foi reunido contra a HTC.

Cópias específicas das acusações já podem ser encontradas para leitura online — porém não contem todos os detalhes do processo, visto que a documentação de 700 páginas preparada pela Apple nem mesmo foi publicada pela corte dos EUA. Basicamente, são dois documentos, sendo um destinado à International Trade Comission (ITC) que indica uma possível ação contra a distribuição de aparelhos.


Apple vs HTC


Apple Vs. HTC (ITC complaint)

Ao ser contatada pelo Engadget, a HTC afirmou ter um conhecimento mínimo sobre o processo, baseado apenas no que foi divulgado online. Ela ainda não é capaz de tecer comentários sobre o assunto, mas ressaltou que deseja defender suas inovações com base no que patenteou durante os últimos 13 anos.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Para especialista, Flash Player é a principal fonte de problemas de segurança em navegadores

Próximo Artigo

Limpe sua vista com este tributo da Transparent House ao design industrial da Apple

Posts Relacionados