O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Companhia aérea Virgin America deixa de usar Flash em seu site para dar prioridade ao iPhone OS

A Virgin America anunciou ontem que deixou de exigir o Flash Player em certas áreas do seu site, visando oferecer uma navegação mais leve para seus clientes e dar prioridade a acessos via dispositivos móveis que não suportam o plugin, como iPhones, iPods touch e iPads. O The Register conversou com o chefe de tecnologia da companhia aérea logo após saber da mudança, colhendo os motivos para a tomada desta decisão.

Publicidade

Para o executivo, o fato de o Flash impedir o acesso total ao site da Virgin para usuários de iPhones é algo digno de preocupação; daí vem a ideia de usar apenas tecnologias que estão começando a se tornar comuns em todos os browsers (como HTML5 e CSS3) independentemente de os usuários estarem com um computador ou smartphone. A nova edição do portal da empresa, que foi ao ar nesta semana, substitui algumas animações que anteriormente exigiam o plugin da Adobe com efeitos em CSS.

No futuro, o CTO da Virgin America afirma que explorará melhor os recursos do padrão HTML5 para oferecer em seu conteúdo Open Video, gráficos em SVG e outros tipos de animações avançadas quando possível. É importante lembrar, contudo, que as antigas áreas do site dependentes de recursos em Flash não utilizavam muito do que é possível alcançar com esta tecnologia, embora tivessem impacto considerável na experiência dos usuários.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPad Wireless - 3G + Wi-Fi

CEO da AT&T comenta iPad e afirma que consumidores usarão mais Wi-Fi do que 3G

Próximo Artigo
Layar de volta à App Store

Software de realidade aumentada Layar está de volta à iPhone App Store

Posts Relacionados