O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple trabalha para barrar softwares pré-prontos/básicos/repetitivos na iPhone App Store

Steve Jobs e App Store: boom!

A proposta de um AppMakr da vida é fantástica do ponto de vista de algum profissional ou empresa que não sabe desenvolver ou quer gastar pouco com a criação de um app próprio para iPhones/iPods touch, mas não tem agradado à Apple nem um pouco do ponto de vista de inovação na App Store.

Publicidade

O TechCrunch divulgou ontem que o time de aprovação de apps em Cupertino tem começado a barrar esse tipo de app pré-pronto, básico demais ou repetitivo — daqueles que possuem uma interface e conjunto de funcionalidades pré-definidos e o usuário só altera o seu conteúdo, normalmente via um feed RSS. O problema é que muitos desses podem funcionar maravilhosamente bem como simples web apps.

Essa e outras medidas correlatas mostram que a Apple se preocupa muito com a sua marca quando atrelada à loja de aplicativos. Embora dispor um acervo de mais de 150 mil títulos seja bacana, normalmente os consumidores prezam mais por qualidade do que por quantidade.

Publicidade

Com isso em mente, a equipe do AppMakr já trabalha para tornar suas ofertas algo realmente diferenciado. Para a Apple, a adição de notificações instantâneas (push), acesso offline aos dados baixados, modo de visualização em paisagem (na horizontal) e In App Purchases — coisas que não funcionariam em web apps — já seriam suficientes para que esse tipo de banimento fosse evitado.

Neste caso — longe de ser algo polêmico e duvidoso como a remoção de apps com conteúdo sexual —, eu mais do que apoio a decisão da Apple.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPad deitado e de lado

IDC afirma: iPad vai atrapalhar vendas de tablets com Windows

Próximo Artigo

TweetBlast! adiciona mais três apps no valor de US$56 ao MacHeist nanoBundle

Posts Relacionados