O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Macmaníaco assumido, leitor tatua logo da Apple na perna [atualizado 2x]

Tatuagem da Apple na perna

De macmaníacos, todos — nós, da equipe MacMagazine, e vocês, leitores — temos um pouco. Uns são mais fanáticos e defendem a Apple a todo custo; outros, mais “pés-no-chão”, sabem enxergar erros da empresa e também valorizam produtos de concorrentes quando merecido.

Publicidade

Uma coisa é certa, porém: uma parcela ínfima de nós se atreveria a fazer isto aqui.

Tatuagem da Apple na perna

Mas foi exatamente o que fez o leitor Rafael Neri, 27, analista de sistemas sênior da Secretaria de Administração do Estado da Bahia. Lá, ele conta que sozinho já “evangelizou” três colegas — hoje felizes da vida com seus MacBooks.

Publicidade

A novidade chegou a nós através do tatuador Átila Tosta, amigo pessoal deste que vos escreve. Diante da curiosidade da coisa, resolvemos realizar uma rápida entrevista com o Rafael.

· · ·

Publicidade

MACMAGAZINE: Desde quando você acompanha o mundo Apple e usa seus produtos?

Rafael NeriRAFAEL: Tudo começou em abril de 2003, quando arrumei o meu primeiro emprego em uma agência de design para trabalhar com web. Para minha sorte, eu tinha que testar os sites em um PowerBook G4 Titanium; como era bom usar aquela máquina!! Só em 2004 tive o meu primeiro gadget da maçã: um iPod photo de 60GB. Aí sim, o DNA do bicho se misturou com o meu. 🙂

Eu tinha a maior vontade de ter um Mac em casa, mas na época fazia muito freelances e, como trabalhava em PCs com Windows, não tinha muita coragem de me libertar da prisão, pois o VirtualPC não tinha uma performance satisfatória. Até que, em meados de 2005, conheci o projeto Mono, que trazia a plataforma .NET para outros sistemas operacionais — com o Mac OS X no meio no bolo!

Publicidade

Daí, tomei coragem e adquiri o meu primeiro Mac mini — ainda com processador PowerPC G4. Logo em seguida, foram lançados novos Macs com chips Intel e então os softwares de virtualização finalmente se tornaram viáveis — até porque o Mono ainda não atendia plenamente o desenvolvimento para web.

Juntei uma grana e comprei um outro Mac mini, desta vez Intel — ah, que máquina!! 😀 Aí sim, eu tinha tudo do que precisava! Meu ambiente Mac OS X lindo, perfeito, estável, agradável e maravilhoso, bem como uma máquina virtual para programar meus projetos. Em 2008 consegui comprar um iMac que tenho até hoje, e em 2009 veio também um MacBook.

Nesse meio tempo, os iPods evoluíram: tive um touch de 8GB, um touch de 16GB, um iPhone de primeira geração com 8GB, um iPhone 3G (que perdi no Carnaval enquanto twittava os flashes ao vivo da folia, hahaha!) e estou de volta a um iPhone 2G, até que consiga comprar um 3GS. 😉

MM: Quais iProducts você possui hoje?

R: Um iMac de 20 polegadas, um MacBook Pro LED de 15″, um iPhone 2G de 8GB e um iPod shuffle 1GB da primeira geração.

MM: Você tem outras tatuagens? Quando decidiu fazer a da maçã?

R: Tenho sim, outras duas tatuagens! Gosto muito e tenho vontade de ter várias, mais dependo do tempo de visitar o Átila Tattoo — grande amigo e artista responsável pela obra — para poder fazer “os riscos”. Sempre quis colocar a maçã, pois sou muito fã dos produtos da Apple. Numa oportunidade, ainda nesta semana, falei: “É agora ou nunca: vamos nessa, Átila!” E aí está, mais claro do que nunca, o quanto eu amo a Apple!!

MM: Qual o significado dessa nova tattoo para você?

R: Ela significa justamente o quanto respeito o trabalho dos profissionais que fazem dessa uma marca referência em design, usabilidade, inovação e muitos outros adjetivos que todos nós conhecemos!

MM: O MacMagazine é sua página inicial, correto? 😉

R: Claro!! 🙂 Trabalho fora o dia todo e só uso o Mac pela noite, então preciso ficar sabendo tudo o que está acontecendo no mundo Apple. Este é melhor lugar pra saber o que está rolando. Leio sempre todos os artigos, vocês estão de parabéns!

· · ·

Será que temos outros leitores que também fizeram essa loucura pela Apple? 😉 Comentem!

Atualização

O Walter Sasse conta que estava ajudando um tio a comprar um MacBook na CTIS e encontrou um figura qualquer com a seguinte tatuagem:

Figura qualquer com a maçã tatuada no braço

Ei, você, está por aqui? 😉

Atualização 2

A leitora e minha amiga pessoal Camila “Juba” Mariana também nos lembrou de que tem uma maçãzinha tatuada em sua mão direita há nada mais nada menos que 12 anos!

Vejam só, que bonitinha:

Tattoo da maçã da Juba

Ver comentários do post

Os comentários estão fechados.

Artigo Anterior
iVerse Comics for iPad

iVerse Media demonstra como será o app Comics no iPad

Próximo Artigo
ProSwitcher no iPhone

Alternação entre aplicativos abertos no iPhone OS 4.0 será feita com interface à la Exposé

Posts Relacionados