O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Caso em pauta: o que você acha da tipografia usada no iPad?

iBooks no iPad

Eu não sou designer profissional, mas acho fascinante ver um desses magos esmerilando diligentemente os menores e mais imperceptíveis detalhes que fazem toda a diferença. O pessoal do FontFeed recentemente analisou o uso de fontes na tablet da Apple, chegando à conclusão de que há problemas — os quais, em um produto assinado por Steve Jobs, ganham bem mais notoriedade.

Publicidade

iBooks no iPad

Vejamos uma lista rápida das principais “falhas”:

  • Interface em geral: o uso de Helvetica no lugar de Lucida Sans prejudica severamente a leitura de textos pequenos na tela do gadget — especialmente porque ela tem uma densidade de pixels menor que a do iPhone/iPod touch.
  • iBooks: não tem opção de alinhar à esquerda, apenas justificação total — que, sem a devida hifenização, vira uma tragédia de espaçamento entre palavras; prevenção de linhas órfãs; péssimo gerenciamento de tabelas; falta de suporte a fontes incorporadas; opções de formatação limitadas e ruins (exceto pela Palatino).
  • Pages: melhorar o sistema de formatação de fontes, exigindo menos toques para selecionar texto e fazer edições simples.
  • Mobile Safari: falta de suporte total a @font-face.
  • Notes: Maker Felt — e não é preciso ser um designer pra em pouco tempo ter raiva desta fonte, que está virando uma nova Comic Sans em termos de antipatia.

E você, concorda com esta lista? Se tiver interesse, o post original traz toda uma elucidativa exposição de motivos para cada problema — menos para a Marker Felt, acho que ela dispensa explicações.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Dois wallpapers adicionados à nossa galeria + bônus com o oficial do iPhone OS 4.0

Próximo Artigo
Classificação de apps após deletá-los no iPhone

Apple decide remover popup de classificação de apps após deletá-los no iPhone OS 4.0

Posts Relacionados