O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Google lança novo codec de vídeo para navegadores web e ganha apoio da Opera e da Mozilla

Logo do WebM

Em agosto do ano passado, o Google desembolsou mais de US$106 milhões em uma empresa especializada em compressão de vídeos, a On2. Os motivos da aquisição não foram divulgados na época, mas hoje a gigante de buscas aproveitou o início da sua conferência de desenvolvedores para apresentar o principal resultado dela: com o apoio da Mozilla e da Opera, ela pretende estimular o uso de um novo codec aberto de vídeos na web, o WebM.

Publicidade

Baseado na tecnologia VP8 criada pela On2, o projeto WebM apoia uma série de tecnologias já existentes na internet, incluindo o codec de áudio Vorbis (usado pela Mozilla no Firefox) e o Flash Player, que o suportará em breve. Além disso, ele também tem base no formato de vídeos Matroska, prometendo alta qualidade com um nível aceitável de compressão para conexões de baixa velocidade.

Diferentemente do H.264, o WebM é um codec de código inteiramente aberto, dispensando quaisquer tipos de royalties por parte dos interessados em adotá-lo. Graças a isso, o Google não teve problemas em convencer algumas desenvolvedoras de browsers abertos a suportá-lo, enquanto o suporte nativo para H.264 exige um processo burocrático de licenciamento por parte dessas empresas.

Entretanto, a gigante de buscas não pretende usar o WebM exclusivamente, conforme a Apple faz com o H.264 nativamente por meio dos seus sistemas operacionais. Usuários do Chrome também terão a possibilidade de visualizar conteúdos no formato H.264, enquanto a Mozilla e a Opera implementarão o novo codec com o tempo em seus browsers, em conjunto do suporte a Theora (para vídeo) e Vorbis (para áudio).

[via TechCrunch]

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Com a quarta geração, iPhone poderá passar por mudanças no seu modelo de cor branca

Próximo Artigo
Ícone do Twitter para iPhone

Tweetie agora é Twitter para iPhone, já disponível na App Store

Posts Relacionados